Leonardo DiCaprio pode estrelar remake de filme estrangeiro vencedor do Oscar 2021; confira!

Leonardo DiCaprio pode estrelar remake estadunidense de Druk: Mais Uma Rodada.

Mais uma cerimônia do Oscar se passou. Na edição de 2021 da premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, o filme Nomadland (Chloé Zhao, 2020) se consagrou o grande vencedor. A partir disso, Hollywood já começa a se movimentar para aproveitar as histórias de uma categoria bem interessante: Melhor Filme Internacional. De acordo com o site Variety, Leonardo DiCaprio estaria em negociações para estrelar um remake do vencedor desse ano, Druk: Mais Uma Rodada (Thomas Vinterberg, 2020).

O representante da Dinamarca na categoria conta a história de quatro professores, que decidem realizar um teste para ver ser suas vidas melhoram, mantendo um nível constante de álcool em seu organismo. Além disso, ele é estrelado por Mads Mikkelsen e o restante do elenco é formado por Thomas Bo Larsen, Magnus Millang e Lars Ranthe.

Siga os perfis do Quarta Parede Pop no FacebookInstagram e Twitter!

O também vencedor do Oscar, Leonardo DiCaprio, estaria prestes a assumir o papel de Mads no remake. Embora ainda não haja um acordo formal. A versão estadunidense passou por uma batalha pelos direitos de Druk: Mais Uma Rodada. O vencedor, obviamente, foi a Appian Way, produtora de DiCaprio. Mas a fonte aponta que produtoras de estrelas como Jake Gyllenhaal e Elizabeth Banks também se envolveram na briga.

Algo semelhante também aconteceu no ano passado. Após as 4 vitórias de Parasita (Bong Joon-Ho, 2019), a HBO se apressou para conseguir os direitos do filme a fim de realizar uma minissérie. Ela conta com Bong Joon-ho e Adam McKay por trás da produção.

Thomas Vinterberg, que também foi indicado à Melhor Direção pelo filme, será o produtor executivo do remake. Assim, ele desempenhará tal função ao lado de Sisse Graum Jørgensen e Kasper Dissing.

Confira: Audiência do Oscar 2021 tem queda de 58% em relação a 2020!

Durante a cerimônia do Oscar, o diretor se emocionou ao lembrar-se da filha falecida. Ela sofreu um acidente de carro quatro dias após o início das gravações, por causa da imprudência de outro motorista. Vinterberg expressou em seu discurso: “Queríamos fazer um filme que celebre a vida. Acabamos fazendo este filme para ela, é o monumento dela.”

Leia a nossa crítica de Druk: Mais Uma Rodada.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.