Bilheteria nos EUA | ‘Mortal Kombat’ e ‘Demon Slayer’ tiram ‘Godzilla vs. Kong’ da liderança

Mortal Kombat e Demon Slayer tiram Godzilla vs. Kong da liderança da bilheteria nos EUA.

Nesse último fim de semana (23 a 25 de abril), a bilheteria nos EUA sofreu uma reviravolta. Até então, Godzilla vs. Kong (Adam Wingard, 2020) estava se mantendo na liderança. No entanto, foi superado pelo estreante Mortal Kombat (Simon McQuoid, 2021). Foram US$ 22.5 milhões arrecadados em seu fim de semana de abertura com exibição em 3.073 salas de cinema. Esse valor representa o segundo maior resultado num fim de semana de abertura, perdendo para a batalha de monstros, que faturou cerca de US$ 31 milhões em sua estreia no mês de março.

Ao levar em consideração que Mortal Kombat não recebeu críticas muito positivas, a bilheteria arrecadada é muito boa. Além disso, o filme também teve a sua estreia no serviço de streaming da WarnerMediaHBO Max. Seguindo, assim, a estratégia de lançamento híbrido (cinema + streaming) da Warner Bros.

Siga os perfis do Quarta Parede Pop no FacebookInstagram e Twitter!

Mas o resultado no mercado externo também foi bem recebido. O longa, baseado na franquia de videogames, arrecadou US$ 27.6 milhões internacionalmente. Dessa forma, sua bilheteria ao redor do mundo por enquanto é US$ 50.1 milhões.

Mortal Kombat estreia no dia 13 de maio nos cinemas brasileiros.


O anime Demon Slayer foi o segundo colocado na bilheteria nos EUA.
Demon Slayer: Mugen Train – O Filme (2021) – Konnichiwa Festival

Em segundo lugar, ficou o estreante Demon Slayer: Mugen Train – O Filme (Haruo Sotozaki, 2021). O anime é baseado numa série lançada em 2019, que, por sua vez, é a adaptação de uma série mangás, publicada entre 2016 e 2020.

Produzido pela Aniplex e distribuído pela FUNimation Entertainment, o filme arrecadou US$ 19.5 milhões em seu fim de semana de abertura nos EUA com exibição em 1.600 salas de cinema. Esse valor representa a maior estreia de uma produção de língua não-inglesa na América do Norte, superando o filme chinês Herói (Zhang Yimou, 2002), que arrecadou US$ 17,8 milhões em seu primeiro fim de semana em cartaz na época.

No entanto, o resultado é bastante positivo no mercado exterior aos EUA. Demon Slayer já faturou US$ 388.1 milhões internacionalmente, com destaque para o seu mercado doméstico, o Japão, onde arrecadou incríveis US$ 365.1 milhões. O anime, que estreou lá no dia 16 de outubro de 2020, ultrapassou a clássica animação do Studio Ghibli, A Viagem de Chihiro, tornando-se o filme mais lucrativo do mercado japonês. Além disso, ele também obteve um destaque expressivo na Coréia do Sul, onde estreou no final de janeiro e já faturou, até o momento, cerca de US$ 14.7 milhões. Dessa forma, sua bilheteria ao redor do mundo é US$ 407.6 milhões.

Demon Slayer: Mugen Train – O Filme tem previsão para estrear no dia 22 de maio aqui no Brasil. Ele será distribuído pela Konnichiwa Festival.


Godzilla vs. Kong é a maior estreia da HBO Max.
Godzilla vs. Kong (2020) – Warner Bros.

Godzilla vs. Kong caiu para a terceira posição na bilheteria nos EUA depois três semanas na liderança. Em seu quarto fim de semana em cartaz, o longa faturou US$ 4.2 milhões com exibição em 2.856 salas de cinema. Isso representa uma queda de 44,5% em comparação com a semana anterior. Por outro lado, a produção da Legendary Pictures, com distribuição da Warner Bros., alcançou a marca de US$ 86.6 milhões na bilheteria nos EUA. Desse modo, é o filme de maior sucesso durante a pandemia.

Além disso,  Godzilla vs. Kong continua em crescimento no mercado internacional. Até o momento, o longa conquistou US$ 320 milhões. Assim, sua bilheteria ao redor do mundo é de US$ 406.6 milhões. A maior parte desse valor acumulado vem do mercado chinês, onde a arrecadação até esse fim de semana foi de incríveis US$ 177.4 milhões. O segundo lugar de destaque no mercado internacional ficou com o México (US$ 17.9 milhões), seguido por Austrália (US$ 19.2 milhões).

Vale lembrar que a grande briga entre Godzilla e King Kong estreou em simultâneo nas salas de cinema e na HBO Max nos EUA, sem taxa adicional. Da mesma forma como nos cinemas, a recepção no serviço de streaming da WarnerMedia também foi positiva uma vez que a produção tornou-se a maior estreia da plataforma. Confira aqui!

Godzilla vs. Kong teve sua estreia adiada para o dia 29 de abril aqui no Brasil.

Leia a nossa crítica!


O filme Anônimo, com Bob Odenkirk, ocupou a segunda posição.
Anônimo ( 2021) – Universal Pictures 

O quarto colocado foi o filme Anônimo (Ilya Naishuller, 2021). Estrelado por Bob Odenkirk, o filme faturou US$ 1.9 milhão em sua quinta semana em cartaz nos EUA, o que representa uma queda de 25,6% em relação à semana passada.

No mercado interno, o longa, distribuído pela Universal Pictures, teve a exibição em 2.252 salas de cinema e, desse modo, sua bilheteria interna chegou ao valor US$ 21.5 milhões. Recentemente, ele também estreou em plataformas de VOD (Video On Demand) nos EUA.

Enquanto que no mercado externo, faturou US$ 15.4 milhões até o momento. Nesse sentido, os destaques são Rússia (US$ 2.9 milhões), Austrália (US$ 3.2 milhões) e Emirados Árabes Unidos (US$ 1.1 milhão). Assim, a bilheteria ao redor do mundo é de cerca de US$ 34.4 milhões.

Anônimo tem previsão para estrear aqui no Brasil no dia 13 de maio.


Raya e o Último Dragão ficou em quarto lugar na bilheteria nos EUA.
Raya e o Último Dragão (Walt Disney Studios – 2021)

O Top 5 do fim de semana da bilheteria nos EUA se encerrou com a animação da DisneyRaya e o Último Dragão (Carlos López Estrada e Don Hall, 2021). Em sua oitava semana em cartaz, a produção arrecadou US$ 1.7 milhão nos EUA, o que representa uma queda de 25,6% em relação à semana passada. Sua exibição está acontecendo em 1.819 salas de cinema ao redor do país. O filme estreou no dia 5 de março de modo simultâneo nos cinemas e no serviço de streaming Disney Plus, com um valor adicional de 30 dólares.

No mercado doméstico, a animação já faturou um total de US$ 39.8 milhões. Ao passo que no mercado externo, o valor é de pouco mais de US$ 72 milhões, novamente com destaque para o mercado chinês (US$ 19.4 milhões até o momento). Outros países nos quais a animação tem apresentado bons resultados da bilheteria são Noruega (US$ 12.2 milhões) e Rússia (US$ 12.2 milhões). Portanto, sua bilheteria ao redor do mundo é de US$ 111.9 milhões.

Aqui no Brasil, Raya e o Último Dragão estreou nos cinemas no dia 4 de março também em simultâneo com o Disney Plus, a partir de um valor extra de R$ 69,90. Porém essa opção só ficou disponível até o dia 19 de março. Agora, a produção foi relançada no streaming sem a taxa extra.

Matéria via Box Office Mojo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.