Bilheteria nos EUA | ‘Godzilla vs. Kong’ supera expectativas com estreia no mercado interno

Godzilla vs. Kong supera as expectativas e lidera o ranking de bilheteria nos EUA nesse fim de semana.

Godzilla vs. Kong, filme que mostra a batalha entre dois grandes monstros do cinema, superou as expectativas com a sua estreia no mercado interno. O longa de Adam Wingard ficou em primeiro lugar na bilheteria nos EUA no fim de semana do feriado da Páscoa com uma arrecadação de US$ 48.5 milhões. Esse valor também leva em consideração a bilheteria da estreia na quarta-feira, 31 de março. A expectativa da Legendary Pictures (Produtora) e da Warner Bros. (Distribuidora) era de alcançar cerca de US$ 42 milhões.

No entanto, essa não foi a única marca que o filme estrelado por Millie Bobby Brown conseguiu superar no mercado interno. Confira a lista abaixo:

  • Estreou no maior número de salas de cinema desde o início da pandemia (3,064);
  • teve a maior estreia do período (US$ 9.6 milhões apenas na quarta-feira);
  • arrecadou o maior valor em um único dia desde que os cinemas retornaram (US$ 12,5 milhões no sábado);
  • e teve o maior fim de semana de estreia.

Até então, os três melhores resultados de bilheteria no período pandêmico nos EUA pertencem à Warner. Godzilla vs. Kong superou Tenet (Christopher Nolan, 2020) e Mulher-Maravilha 1984 (Patty Jenkins, 2020). O primeiro, ao forçar o retorno dos cinemas no país, estreou no fim de semana do feriado do Dia do Trabalho e faturou US$ 20.2 milhões. Ao passo que, a sequência da super heroína da DC teve o seu lançamento nos cinemas no Natal, simultaneamente com o serviço de streaming, HBO Max. Dessa forma, arrecadou US$ 16.7 milhões. Vale lembrar que a grande briga entre Godzilla e King Kong também estreou na plataforma de streaming da WarnerMedia em simultâneo com as salas de cinema nos EUA.

Segundo a Warner, cerca de 93% do mercado estadunidense está em funcionamento. Mas os resultados positivos não aparecem apenas internamente. No que diz respeito ao mercado internacional, o filme arrecadou cerca de US$ 115.1 milhões esta semana. Assim, a bilheteria ao redor do mundo de Godzilla vs. Kong alcançou US$ 285.4 milhões (US$ 48.5 milhões apenas nos EUA e 236.9 milhões internacionalmente).

Certamente, a China oferece uma grande contribuição para esse resultado. O país é responsável por US$ 69.2 milhões do total da bilheteria ao redor do mundo.

Recentemente, Godzilla vs. Kong teve sua estreia adiada para o dia 29 de abril aqui no Brasil.

Leia a nossa crítica!


O estreante The Unholy ficou em segundo lugar na bilheteria nos EUA
The Unholy (Screen Gems – 2021)

O segundo colocado do fim de semana foi outro estreante. Trata-se de The Unholy (Evan Spiliotopoulos, 2021). O terror, estrelado por Jeffrey Dean Morgan, conta a história de um jornalista em decadência, que descobre uma forma de tentar resgatar sua carreira. Dessa forma, ele viaja à Inglaterra para investigar o caso de um milagre, associado a uma suposta visita da Virgem Maria. No entanto, fenômenos sinistros começam a acontecer com o jornalista.

O longa da produtora e distribuidora, Screen Gems, estreou em 1.850 salas de cinema nesse fim de semana e faturou US$ 3.2 milhões. Ele ainda não teve seu lançamento no mercado internacional e, portanto, não tem data de previsão para estrear no Brasil.


O filme Anônimo, com Bob Odenkirk, ocupou a terceira posição.
Anônimo (Universal Pictures – 2021)

O longa Anônimo (Ilya Naishuller, 2021) ficou em terceiro lugar nesse fim de semana. Estrelado por Bob Odenkirk, o filme faturou US$ 3.1 milhões em sua segunda semana em cartaz nos EUA, mas chegou a liderar o ranking na sua abertura.

No mercado interno, o longa, distribuído pela Universal Pictures, teve a exibição em 2.567 salas de cinema e, desse modo, sua bilheteria interna alcançou a marca de US$ 11.8 milhões. Além disso, ele também estreou em alguns mercados externos e já faturou US$ 9.2 milhões. Assim, a bilheteria ao redor do mundo é de cerca de US$ 21 milhões.

Anônimo tem previsão para estrear aqui no Brasil no dia 13 de maio.


Raya e o Último Dragão ficou em quarto lugar no top 5 da bilheteria nos EUA.
Raya e o Último Dragão (Walt Disney Studios – 2021)

A animação da DisneyRaya e o Último Dragão (Carlos López Estrada e Don Hall, 2021), ficou com a quarta posição no fim de semana do feriado de Páscoa. Em sua quinta semana, a produção arrecadou US$ 2.1 milhões nos EUA, o que representa uma queda de 45,4% em relação à semana anterior. Sua exibição está acontecendo em 2.031 salas de cinema ao redor do país. O filme estreou no dia 5 de março de modo simultâneo nos cinemas e no serviço de streaming Disney Plus, com um valor adicional de 30 dólares.

No mercado doméstico, a animação já faturou um total de US$ 32.1 milhões. Ao passo que no mercado externo, o valor é de US$ 54.2 milhões, novamente com destaque para o mercado chinês (US$ 18.7 milhões até o momento). Portanto, sua bilheteria ao redor do mundo é de US$ 86.3 milhões.

Aqui no Brasil, Raya e o Último Dragão estreou nos cinemas no dia 4 de março.


Tom e Jerry: O Filme encerra o Top 5.
Tom e Jerry: O Filme (Warner Bros. Pictures – 2021)

O Top 5 se encerra com outro filme da Warner Bros.Tom e Jerry: O Filme (Tim Story, 2021). A produção faturou US$ 1.4 milhão em sua sexta semana em cartaz por meio de 2.273 salas de cinema ao redor dos EUA.

Apenas no mercado interno, sua arrecadação é de US$ 39.5 milhões. Já no mercado internacional, o valor é US$ 54 milhões, com destaques para a China (US$ 16.1 milhões) e Rússia (US$ 7.5 milhões). Ou seja, sua bilheteria ao redor do mundo é de US$ 93.5 milhões.

Tom e Jerry: O Filme estreou nos cinemas brasileiros no dia 18 de fevereiro.

Matéria via Box Office Mojo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.