Confira a lista dos melhores filmes de 2020 segundo a National Board of Review

Destacamento Blood, de Spike Lee, é o grande vencedor do National Board of Review 2021.

Foram anunciados os vencedores da edição de 2020 da National Board of Review. A premiação, normalmente, costuma abrir a temporada de premiações. No entanto, a pandemia do novo Coronavírus, que começou no ano passado, fez com que o calendário fosse alterado.

O longa Destacamento Blood, de Spike Lee, foi escolhido como Melhor Filme. O filme ainda levou outros dois prêmios: Melhor Diretor e Melhor Elenco.

Riz Ahmed foi eleito o Melhor Ator pelo longa O Som do Silêncio, de Darius Marder. A produção, disponível no Prime Video, também ganhou na categoria Melhor Ator Coadjuvante (Paul Raci).

Outros destaques foram Promising Young Woman, de Emerald Fennell — vencedor na categoria Melhor Atriz (Carey Mulligan) — e Minari, de Lee Isaac Chung, que ganhou como Melhor Atriz Coadjuvante (Youn Yuh-Jung) e Melhor Roteiro Original.

A National Board of Review é uma organização dos EUA que discute e seleciona as melhores obras cinematográficas do ano. Entre 1916 e 1950, serviu como órgão de censura e regulação do conteúdo dos filmes. Começou a realizar as premiações em 1932.

De certa forma, essa premiação pode ser considerada como um termômetro para o Oscar, pois apresenta filmes que, com certeza, vão aparecer na lista dos indicados ao maior prêmio do cinema.

No entanto, dificilmente os vencedores batem. No ano passado, as únicas categorias que coincidiram com o Oscar foram Melhor Atriz (Renée Zellweger, por Judy), Melhor Ator Coadjuvante (Brad Pitt, por Era Uma Vez em… Hollywood) e Melhor Filme Internacional (Parasita, de Bong Joon-ho; Coreia do Sul).

Confira a lista dos vencedores do National Board of Review abaixo:

  • Melhor Filme: Destacamento Blood
  • Melhor Direção: Spike Lee, por Destacamento Blood
  • Melhor Ator:  Riz Ahmed, por O Som do Silêncio
  • Melhor Atriz: Carey Mulligan, por Promising Young Woman
  • Melhor Ator Coadjuvante: Paul Raci, por O Som do Silêncio
  • Melhor Atriz Coadjuvante: Youn Yuh-Jung, por Minari
  • Melhor Roteiro Original: Minari
  • Melhor Roteiro Adaptado: News of the World
  • Melhor Animação: Sidney Flanigan, por Never Rarely Sometimes Always
  • Performance Revelação: Channing Godfrey Peoples, por Miss Juneteenth
  • Melhor Estreia na Direção: Soul
  • Melhor Filme Estrangeiro: La Llorona (Guatemala)
  • Melhor Documentário: Time
  • Melhor Elenco: Destacamento Blood

TOP 10 Melhores Filmes do Ano:

  • First Cow (A24)
  • The Forty-Year-Old Version (Netflix)
  • Judas and the Black Messiah (Warner Bros.)
  • O Céu da Meia-Noite (Netflix)
  • Minari (A24)
  • News of the World (Universal Pictures)
  • Nomadland (Searchlight Pictures)
  • Promising Young Woman (Focus Features)
  • Soul (Pixar)
  • O Som do Silêncio (Amazon Studios)

TOP 5 Filmes Estrangeiros:

  • Apples (Grécia)
  • Collective (Romênia)
  • Dear Comrades (Rússia)
  • The Mole Agent (Chile)
  • Night of the Kings (Costa do Marfim)

TOP 5 Documentários:

  • All In: The Fight for Democracy (Amazon Studios)
  • Boys State (A24/Apple TV Plus)
  • As Mortes de Dick Johnson (Netflix)
  • Miss Americana (Netflix)
  • The Truffle Hunters (Sony Pictures Classics)

TOP 10 Melhores Filmes Independentes:

  • The Climb (Sony Pictures Classics)
  • Driveways (FilmRise)
  • Farewell Amor (IFC Films)
  • Miss Juneteenth (Vertical Entertainment)
  • The Nest (IFC Films)
  • Never Rarely Sometimes Always (Focus Features)
  • The Outpost (Chicken Soup for the Soul Entertainment)
  • Relic (IFC Films)
  • Saint Frances (Oscilloscope Labotories)
  • Wolfwalkers (Apple TV Plus/GKIDS)

Prêmio NBR de Liberdade de Expressão: One Night in Miami

Conquista Notável em Cinematografia: Joshua James Richards, por Nomadland

Prêmio Ícones do NBR: Chadwick Boseman

Destacamento Blood conta a história de quatro de veteranos da Guerra do Vietnã, que retornam ao local do confronto para encontrar os restos mortais do seu comandante. Além disso, eles entram na busca por um tesouro enterrado.

Matéria via Variety.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.