LAFCA Awards 2020 | ‘Small Axe’ é eleito o melhor filme de 2020; confira!

Small Axe, de Steve McQueen, é eleito o Melhor Filme no LAFCA Awards 2020.

Foram anunciados os vencedores do LAFCA Awards 2020 (Los Angeles Film Critics Association), mais uma premiação da crítica especializada. Small Axe, de Steve McQueen, foi o vencedor na categoria de Melhor Filme.

McQueen começou a desenvolver a antologia Small Axe em 2010. No entanto, a ideia inicial era produzir uma antologia, que abordasse o tema do racismo, no formato serializado. Após alguns anos, o diretor decidiu contar a história por meio de filmes. O primeiro desses é Mangrove, protagonizado por Letitia Wright. Small Axe abriu o 58º Festival de Cinema de Nova York em setembro deste ano. Além disso, Mangrove chegou a ser selecionado para o Festival de Cannes 2020, ao lado de Lovers Rock — outro longa da série. Infelizmente, o evento foi cancelado devido à pandemia do novo Coronavírus. Ambos os longas foram exibidos BBC One, no Reino Unido, e estão disponíveis no Amazon Prime Video nos EUA.

Outro destaque este ano foi o longa A Voz Suprema dos Blues, que foi lembrado 3 vezes pelos críticos, incluindo a vitória póstuma para Chadwick Boseman. Além disso, é necessário ressaltar a vitória de Chloé Zhao como Melhor Direção pelo filme Nomadland. É a primeira vez que uma diretora asiática ganha nessa categoria e apenas a 4ª mulher.

O LAFCA é uma organização de críticos, fundada em 1975, em Los Angeles. Na edição do ano passado, o vencedor na categoria Melhor Filme foi Parasita, de Bong Joon-Ho. Em segundo lugar nessa categoria ficou o filme O Irlandês, de Martin Scorsese.

A premiação dos críticos de Los Angeles não costuma ser um termômetro para o Oscar. Por exemplo, nos últimos 10 anos os dois prêmios só coincidiram 3 vezes — Spotlight (2015), Moonlight (2017) e Parasita (2019).

Veja a lista dos vencedores do LAFCA Awards 2020:

MELHOR FILME
Campeão: Small Axe
Vice-campeão: Nomadland

MELHOR DIREÇÃO
Campeão: Chloé Zhao, por Nomadland
Vice-campeão: Steve McQueen, por Small Axe

MELHOR ATOR
Campeão: Chadwick Boseman, por A Voz Suprema dos Blues
Vice-campeão: Riz Ahmed, por O Som do Silêncio

MELHOR ATRIZ
Campeã: Carey Mulligan, por Promising Young Woman
Vice-campeã: Viola Davis, por A Voz Suprema dos Blues

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Campeão: Glynn Turman, por A Voz Suprema dos Blues
Vice-campeão: Paul Raci, por O Som do Silêncio

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Campeã: Youn Yuh-Jung, por Minari
Vice-campeã: Amanda Seyfried, por Mank

MELHOR ROTEIRO
Campeão: Promising Young Woman
Vice-campeão: Never Rarely Sometimes Always

MELHOR ANIMAÇÃO
Campeão: Wolfwalkers
Vice-campeão: Soul

MELHOR FILME ESTRANGEIRO 
Campeão: Uma Mulher Alta
Vice-campeão: Martin Eden

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Campeão: Time
Vice-campeão: Collective

MELHOR FOTOGRAFIA 
Campeão: Small Axe
Vice-campeão: Nomadland

MELHOR EDIÇÃO
Campeão: The Father
Vice-campeão: Time

MELHOR TRILHA SONORA
Campeão: Soul
Vice-campeão: Lovers Rock

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
Campeão: Mank
Vice-campeão: Uma Mulher Alta

New Generation Award: Radha Blank, por The Forty-Year-Old Version

Career Achievement Award: Harry Belafonte e Hou Hsiao-Hsien

Matéria via Variety.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.