VIFF 2020 | Confira os vencedores da 39ª edição do Festival Internacional de Cinema de Vancouver

O Festival Internacional de Cinema de Vancouver (VIFF) chegou ao fim, mas as críticas dos filmes vistos pelo Quarta Parede POP podem ser acessadas aqui. 

Com uma vasta programação com alguns dos filmes mais aguardados do ano de 2020, um dos cinco maiores festivais de cinema América do Norte ocorreu de forma híbrida – presencial e virtual – este ano devido a pandemia do COVID-19. 

Confira abaixo os filmes vencedores da 39º edição do festival: 

BC Spotlight Awards 

Sea to Sky Award. Apresentado pela TELUS, prêmio em dinheiro de $20.000. Este prêmio reconhece o trabalho notável de uma peça criativa feminina em um curta ou longa-metragem produzido pela BC. 

VencedorBanchi Hanuse, por Nuxalk Radio 
Menção Honrosa: Meredith Hama-Brown, por Cosmic 

Prêmio de Melhor Filme da BC. Apresentado pela Creative BC e Company 3. $10.000 da Creative BC e $15.000 em crédito de serviços de pós-produção fornecidos pela Company 3. 

Vencedor: The Curse of Willow Song, de Karen Lam  

Prêmio BC Cineasta Emergente. Apresentado por UBCP/ACTRA & William F. White International Inc. Prêmio de $5.000 do UBCP /ACTRA, mais um crédito de $10.000 para equipamentos fornecidos pela William F. White International Inc. 

Vencedor: Jessie Anthony por Brother, I Cry 

Melhor Curta-Metragem BC. Prêmio de $ 5.000 apresentado por TELUS Storyhive. 

Vencedor: Cake Day, de Phillip Thomas
Menção Honrosa: Sunken Cave and a Migrating Bird, de Qiuli Wu 

Prêmios Canadenses 

Melhor Filme Canadense. Prêmio de $ 15.000 apresentado pelo Directors Guild of Canada. 

Vencedor: Beans, de Tracey Deer 
Menção Honrosa: Nadia, Butterfly, de Pascal Plante 

Diretor Canadense Emergente. Prêmio de $3.000 apresentado pelo Directors Guild of Canada. 

Vencedores: Madeleine Sims-Fewer, Dusty Mancinelli por Violation 

Melhor Documentário Canadense. Prêmio de $15.000 apresentado pelo Rogers Group of Funds. 

Vencedor: Call Me Human, de Kim O’Bomsawin 
Menção Honrosa: Prayer for a Lost Mitten, de Jean-François Lesage 

Melhor Curta-Metragem Canadense. $15.000 em crédito de gradação de cores e/ou serviços VFX fornecidos pelo Side Street Post e prêmio de $2.000 concedido pela VIFF. 

Vencedor: Bad Omen, de Salar Pashtoonyar 
Menção Honrosa: Moon, de Zoé Pelchat 

Prêmios Internacionais 

Prêmio VIFF Impact. Prêmio de $5.000. Apresentado pela Fundação Lochmaddy 

Vencedor: The Reason I Jump, de Jerry Rothwell 

Prêmio Rob Stewart Eco Warrior. Prêmio de $5.000. Apresentado por RBC e Cineplex  

Vencedor: Peter Wohlleben, de The Hidden Life of Trees 

Prêmio VIFF Immersed

Melhor em Live-Action Cinematográfico 

Vencedor: Kowloon Forest, de Alexey Marfin 

Melhor em Documentário 

VencedorBy the Waters of Babylon, de Kristen Lauth Shaeffer, Andrew Halasz 

Melhor em Animação 

Vencedor: The Book of Distance, de Randall Okita 
Menção Honrosa: In the Land of Flabby Schnook, de Francis Gélinas  

Prêmio do Público  

Vencedor: Ecosphere: Raja Ampat, de Joseph Purdam 

Prêmio Especial Microsoft Mixed Reality Capture Studios. Um teste de meio dia e um dia completo de captura no Microsoft Mixed Reality Capture San Francisco Studio, além de plug-ins e ferramentas para colocar o projeto em qualquer plataforma ou dispositivo. 

Vencedores:  A Vocal Landscape, de Omid Zarei e Anne Jeppesen; Uninterrupted, de Nettie Wild e Rae Hull 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Juliana Oliveira

Estudante de psicologia e fascinada pelo audiovisual. Acredita que o cinema seja uma arte de teor político que dá voz a quem não é ouvido. Gosta de conhecer novas culturas e acredita que o cinema seja a melhor forma para isso, expandindo assim a visão de mundo dentro se sua limitada realidade.