Emmy 2020 | Nada de videoconferência: produção planeja levar câmeras a todos os indicados na cerimônia

Não estamos tentando fazer chamadas no Zoom, nós estamos tentando fazer o Emmy”. A frase do produtor Ian Stewart à Variety diz tudo em relação à maior noite da TV norte-americana. Em meio à pandemia de coronavírus, a produção da cerimônia que será apresentada por Jimmy Kimmel  vai tentar de tudo para que o evento não tenha a cara das recentes transmissões por vídeo-conferência.

Os organizadores do Emmy planejam colocar câmeras profissionais e operadores de câmera onde cada candidato está localizado. Isso significa levar para as casas, hotéis ou quaisquer outros locais que essas pessoas estejam, um aparato profissional. O Indiwire estima que tal empreendimento pode significar até 140 transmissões ao vivo na noite do Emmy, de acordo com Reginald Hudlin, produtor-executivo da atração.

Outra mudança significativa que ocorrerá em 2020 é o local da transmissão. Jimmy Kimmel apresentará a cerimônia em um auditório vazio no Staples Center, ao invés do tradicional Microsoft Theatre, em Los Angeles. Este show vai precisar de um número inacreditável de conexões para dentro e para fora, porque os indicados não estarão lá”, disse Hudlin. “Então, vamos levar as câmeras para onde eles estão. E o número de feeds que isso requer é tão grande que precisamos de uma instalação como o Staples Center, que está acostumado a receber muitos sinais de repórteres cobrindo esportes para lidar com o tipo de entradas e saídas que isso exige”.

Já a vestimenta dos participantes promete ser uma atração à parte. Isso porque não haverá nenhuma restrição. Se você quiser estar de moletom no sofá, tudo bem”, disse Stewart. Vai ser muito mais casual, muito mais divertido”. Outros aspectos do evento ainda estão sendo discutidos, como se os vencedores poderão segurar suas estatuetas do Emmy enquanto fazem discursos de agradecimento ao vivo.

No entanto, os produtores são realistas: algo pode dar errado. “Esperamos que tudo corra bem, mas não posso vir aqui e dizer que vai correr 100%, porque ninguém nunca fez isso antes”, ponderou Stewart.

O Emmy 2020 em meio ao coronavírus

Em julho, os produtores executivos do Emmy 2020 – incluindo o apresentador Jimmy Kimmelenviaram uma carta aos principais indicados, informando que a cerimônia deste ano será virtual e pedindo que se preparem para participar de casa, ou onde quiserem estar. Dois dias antes, a Academia de Artes e Ciências Televisivas divulgou seus indicados à maior premiação da TV estadunidense.

Este ano, ainda será a maior noite da indústria da TV … mas vamos até você!“, dizia a carta. Leia mais aqui.

Como já é tradicional, as indicações geraram indignação por parte do público. Por outro lado, muita gente ficou feliz com indicações inusitadas. Confira aqui os esnobados e as surpresas do Emmy 2020.

A ABC transmite o Emmy 2020, em 20 de setembro. No Brasil, a transmissão acontece pela TNT.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...