GLAAD Media Awards 2020 | ‘Fora de Série’ e ‘Pose’ são os grandes vencedores; confira

Foram revelados os vencedores do GLAAD Media Awards 2020, por meio de uma cerimônia virtual. Essa foi a forma que as premiações encontraram para continuarem acontecendo nesse momento de pandemia. Anteriormente, o evento seria realizado em duas datas: 19 de março em Nova York e 16 de abril em Los Angeles. A fonte é o site Billboard.

Alguns dos vencedores da noite foram o filme Fora de Série, a série Pose (FX), e o reality show da MTV dos EUA, Are You the One?. O longa brasileiro Sócrates, de Alexandre Moratto, estava concorrendo na categoria Melhor Filme – Lançamento Reduzido, mas perdeu para Rafiki, de Wanuri Kahiu.

O GLAAD Media Awards é uma premiação que reconhece e homenageia a comunidade LGBTQ. A primeira cerimônia realizada foi em 1990 nos EUA. Além do cinema, também são premiados projetos na TV, no teatro, música, jornalismo e publicidade. Os grandes vencedores do ano passado foram o filme Com Amor, Simon, a série Vida, do Starz, e Queer Eye, reality show da Netflix. Além disso, o desenho Steven Universo, do Cartoon Network, também saiu vitorioso.

Veja a lista de vencedores (em negrito) do GLAAD Media Awards 2020 abaixo:

MELHOR FILME – AMPLO LANÇAMENTO
O Escândalo
Fora de Série
Downton Abbey 
Judy
Rocketman

MELHOR FILME – LANÇAMENTO REDUZIDO
Adam
A Maratona de Brittany
End of the Century
The Heiresses
Kanarie
Dor e Glória
Retrato de uma Jovem em Chamas
Rafiki
Sócrates
This Is Not Berlin

MELHOR DOCUMENTÁRIO
5B
Gay Chorus Deep South
Leitis in Waiting
State of Pride
Wig

MELHOR SÉRIE DE DRAMA
Batwoman (The CW)
Billions (Showtime)
Euphoria (HBO)
Killing Eve (AMC)
The L Word: Generation Q (Showtime)
The Politician (Netflix)
Pose (FX)
Shadowhunters (Freeform)
Star Trek: Discovery (CBS All Access)
Supergirl (The CW)

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA
Brooklyn Nine-Nine (NBC)
Dear White People (Netflix)
Dickinson (Apple TV+)
One Day at a Time (Netflix)
The Other Two (Comedy Central)
Schitt’s Creek (Pop)
Sex Education (Netflix)
Superstore (NBC)
Vida (Starz)
Work in Progress (Showtime)

MELHOR EPISÓDIO INDIVIDUAL
“Love”  – Drunk History (Comedy Central)
“Murdered at a Bad Address”  – Law & Order: SVU (NBC)
“Spontaneous Combustion”  – Easy (Netflix)
“This Extraordinary Being”  – Watchmen (HBO)
“Two Doors Down”  – Dolly Parton’s Heartstrings (Netflix)

MELHOR FILME FEITO PARA TV
Deadwood: The Movie (HBO)
Let It Snow (Netflix)
Rent: Live (FOX)
Transparent: Musicale Finale (Amazon)
Trapped: The Alex Cooper Story (Lifetime)

MELHOR SÉRIE LIMITADA
Mrs. Fletcher (HBO)
The Red Line (CBS)
Tales of the City (Netflix)
Olhos que Condenam (Netflix)
Years & Years (HBO)

MELHOR PROGRAMA INFANTIL (Empate)
Andi Mack (The Disney Channel)
The Bravest Knight (Hulu)
High School Musical: The Musical: The Series (Disney+)
The Loud House (Nickelodeon)
“Mr. Ratburn and the Special Someone” Arthur (PBS)
Rocko’s Modern Life: Static Cling (Netflix)
She-Ra and the Princesses of Power (Netflix)
Steven Universe: The Movie (Cartoon Network)
“A Tale of Two Nellas” Nella the Princess Knight (Nick Jr.)
Twelve Forever (Netflix)

MELHOR REALITY SHOW
Are You the One? (MTV)
Bachelor in Paradise (ABC)
I Am Jazz (TLC)
Queer Eye (Netflix)
RuPaul’s Drag Race (VH1)

MELHOR ARTISTA MUSICAL
Adam Lambert, Velvet: Side A (More is More/Empire)
Brittany Howard, Jaime (ATO)
Kevin Abstract, ARIZONA BABY (Question Everything/RCA)
Kim Petras, Clarity (Bunhead)
King Princess, Cheap Queen (Zelig/Columbia Records)
Lil Nas X, 7 (Columbia)
Melissa Etheridge, The Medicine Show (ME Records/Concord)
Mika, My Name Is Michael Holbrook (Casablanca/Republic Records)
Tegan and Sara, Hey, I’m Just Like You (Sire)
Young M.A, Herstory in the Making (M.A Music/3D)

MELHOR HISTÓRIA EM QUADRINHOS
The Avant-Guards, escrito por Carly Usdin (BOOM! Studios)
Bloom, escrito por Kevin Panetta (First Second)
Crowded, escrito por Christopher Sebela (Image Comics)
Harley Quinn: Breaking Glass, escrito por Mariko Tamaki (DC Comics)
Laura Dean Keeps Breaking Up With Me, escrito por Mariko Tamaki (First Second)
Liebestrasse, escrito por Greg Lockard (ComiXology Originals)
Lumberjanes, escrito por Shannon Watters, Kat Leyh (BOOM! Studios)
Runaways, escrito por Rainbow Rowell (Marvel Comics)
Star Wars: Doctor Aphra, escrito por Simon Spurrier (Marvel Comics)
The Wicked + Divine, escrito por Kieron Gillen (Image Comics)

MELHOR JOGO DE VIDEOGAME
Apex Legends (Electronic Arts)
Borderlands 3 (2K Games)
The Outer Worlds (Private Division)
Overwatch (Blizzard Entertainment)
The Walking Dead: The Final Season (Skybound Entertainment)

MELHOR EPISÓDIO EM TALK SHOW OU PROGRAMA DE VARIEDADES
“Billy Porter Serves Cataract Realness, Fashion, and Tonys”, The View (ABC)
“Ellen Meets Inspiring Mormon Valedictorian”, The Ellen Show (Syndicated/Telepictures Productions)
“Jacob Tobia – Promoting a ‘Gender-Chill’ Exploration of Identity with ‘Sissy’”, The Daily Show with Trevor Noah (Comedy Central)
“Jonathan Van Ness: Honey, She’s An Onion With All Sorts of Layers”, The Late Show with Stephen Colbert (CBS)
“Lilly Is Struggling to Date Women”, A Little Late with Lilly Singh (NBC)

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.