Tenet | Warner Bros. adia novo filme de Christopher Nolan por tempo indeterminado

A Warner Bros. removeu Tenet de seu calendário de lançamentos. O novo filme de Christopher Nolan já era um dos mais aguardados do ano, e com a pandemia do novo coronavírus, se tornou um dos mais esperados após a reabertura dos cinemas.

O longa estava programado para estrear em 17 de julho, nos EUA, e foi adiado outras duas vezes, até a data de 12 de agosto. Agora, o estúdio planeja compartilhar uma nova data de lançamento “em breve”, entretanto, e não trabalha mais com datas. No Brasil, o lançamento do filme estava agendado para 28 de agosto.

Compartilharemos uma nova data de lançamento em 2020 para Tenet, o filme totalmente original e impressionante de Christopher Nolan“, disse o presidente da Warner Bros., Toby Emmerich. “Não estamos tratando Tenet como um lançamento global tradicional com dia e data, e nosso planejamento de marketing e distribuição mostrará isso.”

Segundo a Variety, fontes ligadas ao estúdio já consideram lançar o filme internacionalmente antes de um lançamento doméstico, em especial os mercados da Europa e da Ásia –a China reabriu os cinemas hoje com restrições–, em países que estão em processo de reabertura econômica e não lançam um filme de Hollywood há meses. Cabe ressaltar que os filmes anteriores de Christopher Nolan tiveram mais de 50% da receita de bilheteria nos cinemas no exterior.

Outra possibilidade considerada pelo estúdio, que não optou por um adiamento extenso por acreditar que o filme tem a capacidade de atrair o público de volta aos cinemas, é lançar Tenet em cidades dos EUA onde os casos do vírus diminuíram e os governos locais consideram seguro. Porém, grandes mercados como Nova York e Los Angeles seguem sem previsão de reabertura.

Outros grandes lançamentos do estúdio podem sofrer com novos adiamentos, se as taxas de contágio não diminuírem por lá. Mulher-Maravilha 1984 (2 de outubro), dirigido por Patty Jenkins, e Duna (18 de dezembro), novo filme de Denis Villeneuve, por hora, continuam programados para 2020. A Warner Bros investiu US$ 200 milhões para produzir o novo filme de Nolan, além dos gastos nem sempre revelados com publicidade. Lançar o filme em sua plenitude, mesmo que com certo atraso, talvez seja o melhor a se fazer.

Estrelado por John David Washington e Robert Pattinson, a história apresenta um grupo de agentes secretos com o objetivo de impedir a Terceira Guerra Mundial. Além disso, parece que eles têm a habilidade de manipular o tempo.

Além de Washington e Pattinson, o elenco conta com outros nomes como Elizabeth Debicki (Guardiões da Galáxia Vol. 2), Kenneth Branagh (Dunkirk), Michael Caine (Trilogia Batman), Aaron Taylor-Johnson (Vingadores: Era de Ultron), Dimple Kapadia (O Que o Coração Deseja) e Clémence Poésy (Harry Potter).

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...