Chris Evans e Ryan Gosling irão estrelar filme milionário na Netflix, com direção dos Irmãos Russo

Ryan GoslingChris Evans  serão protagonistas em um novo filme da Netflix, produzido pelos roteiristas e diretores de Vingadores: Ultimato e Vingadores: Guerra Infinita, Anthony e Joe Russo. Intitulado The Gray Man, o filme é baseado na série literária do escritor Mark Greaney.

Segundo o Deadline, o longa terá um orçamento de US$ 200 milhões. Os Irmãos Russo, que já trabalharam com Evans na franquia Capitão América, serão os diretores, com roteiro de Joe Russo, em parceria com Christopher Markus e Stephen McFeely, que escreveram os dois últimos filmes dos Vingadores.

The Gray Man acompanhará Court Gentry (Ryan Gosling), um ex-agente da CIA que virou assassino de aluguel, e que agora é perseguido por um colega antigo, agora inimigo, Lloyd Hansen (Chris Evans). Os produtores apostam no sucesso da empreitada para criar uma série de filmes como a franquia de ação Bourne, com o personagem de Gosling no centro das ações.

A idéia é criar uma franquia e construir um universo inteiro, declarou Joe Russo. “Todos nos comprometemos com o primeiro filme e isso deve ser o bastante para nos levar ao segundo filme. Estes são os principais assassinos e o personagem de Gosling é perseguido pela CIA e o personagem de Evans tem que caçá-lo.”

Anthony Russo deu mais detalhes e falou sobre o que podemos esperar do novo filme, apontando semelhanças com aquele que é considerado um dos melhores filmes do Marvel Studios: “Para quem é fã de Capitão América: O Soldado Invernal, nós estamos indo a fundo com a mesma pegada, naquela ambientação”.

Ainda não há previsão de estreia para o longa. Se a pandemia do novo coronavírus permitir, as filmagens devem começar ainda neste ano, garantem os irmãos Russo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...