Small Axe | Filmes de Steve McQueen sobre racismo foram selecionados para o Festival de Cannes 2020

Na última terça-feira (03/06) a seleção oficial do Festival de Cannes passou a ser conhecida pelo grande público, mesmo com a execução do festival sendo impossibilitada devido à pandemia do COVID-19. Dentre os filme que compõem a competição usual do festival, surpreendeu a presença do diretor Steve McQueen, o diretor vencedor do Oscar de Melhor Filme com 12 Anos de Escravidão (2013), está na seleção não apenas com um mas sim com dois filmes. Os filmes foram anunciados pelo Festival de Cannes pois, mesmo o festival não ocorrendo esse ano, ainda há a tentativa de aumentar as credenciais de distribuição de alguns dos longas.

Mangrove e Lovers Rock foram os dois filmes do diretor selecionados para o festival. Os filmes fazem parte de uma série antológica britânica chamada Small Axe, dedicada a temática principalmente do racismo. Anteriormente seria uma série de TV, mas agora é uma antologia de cinco filmes que serão exibidos na BBC e na Amazon Prime. Cada filme conta uma história diferente, ambientada na comunidade de West India de Londres, da década de 1960 a meados da década de 1980, cujas vidas foram moldadas por sua própria força de vontade, apesar do racismo e da discriminação.

Ao falar sobre os longas, McQueen os dedicou a George Floyd e ao movimento Black Lives Matter. “Dedico esses filmes a George Floyd e a todos os outros negros que foram assassinados, vistos ou invisíveis, por ser quem eles são, nos EUA, Reino Unido e em outros lugares. Se você é a grande árvore, nós somos o pequeno machado. As vidas negras importam.” (via Deadline).

O primeiro filme, Mangrove, conta a história real dos Mangrove Nine e Frank Crichlow, estrelado por Letitia Wright (Pantera Negra), Shaun Parkes (Lost In Space) e Malachi Kirby (Black Mirror). O segundo filme, Lovers Rock, conta uma história fictícia de amor e música em uma festa de blues no início dos anos 80, estrelando Amarah-Jae St. Aubyn (Harry Potter e a Criança Amaldiçoada Partes I e II), Micheal Ward (Top Boy), Shaniqua Okwok (Van der Valk) e Kedar Williams-Stirling (Sex Education). John Boyega (Star Wars: A Ascensão Skywalker) também estrelará um dos filmes da antologia, entretanto ainda não há mais informações sobre.

O título de Small Axe é derivado de um provérbio africano que ressoa em todo o Caribe: “Se vocês são uma grande árvore, nós somos o pequeno machado”. Small Axe também é o título de uma música do Bob Marley da época em que fazia parte do grupo The Wailers, que afirma que pequenas vozes divergentes que são marginalizadas podem desafiar, com sucesso, vozes mais poderosas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Juliana Oliveira

Estudante de psicologia e fascinada pelo audiovisual. Acredita que o cinema seja uma arte de teor político que dá voz a quem não é ouvido. Gosta de conhecer novas culturas e acredita que o cinema seja a melhor forma para isso, expandindo assim a visão de mundo dentro se sua limitada realidade.