Bilheteria brasileira teve baixíssimo faturamento no último fim de semana

A pandemia do novo Coronavírus continua trazendo consequências negativas para o cinema brasileiro. No que diz respeito à essa questão, a bilheteria brasileira no último fim de semana (19 a 22 de março) teve um faturamento baixíssimo. Para que tal fato tenha acontecido, alguns fatores anteriores foram importantes.

Primeiramente, muitas salas de exibição ao redor do país foram fechadas por decretos assinados por Governadores. De acordo com uma matéria do G1, cerca de 92% das salas de cinema do Brasil já tinham sido fechadas até sexta-feira (20). Segundo o site Portal B, 3.2 mil de 3.500 salas estavam sem funcionar.

Logo depois, as distribuidoras começam a tomar um posicionamento. Dessa forma, elas decidiram cancelar todos os filmes previstos para serem lançados. Em síntese, foi a primeira vez na história que os cinemas brasileiros ficaram sem estreias.

Com uma queda de 99,5% na audiência da bilheteria brasileira, o longa mais visto foi Bloodshot, estrelado por Vin Diesel. Esse contou com apenas 166 pagantes em todo o país. Com isso, a soma da arrecadação do Top 10 do fim de semana teve como resultado R$ 7.3 mil e 594 pessoas.

Além da Bilheteria Brasileira: As Consequências na Indústria de Entretenimento

O surto do novo Coronavírus tem apresentado várias consequências para o mundo e a indústria de entretenimento não escapa disso. Recentemente, a OMS (Organização Mundial de Saúde) decretou caso de pandemia. Filmes como MulanUm Lugar Silencioso: Parte II007: Sem Tempo Para Morrer etc tiveram suas estreias adiadas. A gravação de Velozes e Furiosos 9 e Falcão e o Soldado Invernal também foram canceladas por um tempo. Além disso, a China perdeu mais de US$ 200 milhões em bilheteria, o que fez com que vários cinemas precisassem ser fechados no país.

Além de Tom Hanks e Rita Wilson, outras celebridades já contraíram o COVID-19. Entre eles, o ator Idris Elba, a ex-Bond girl Olga KurylenkoKristofer Hivju (Game of Thrones), entre outros. Enquanto que aqui no Brasil, nomes como a cantora Preta Gil, a atriz Fernanda Paes Leme e o cantor Di Ferrero são alguns nomes que já se manifestaram sobre seus diagnósticos.

À princípio, os casos aqui na América do Sul começaram a aparecer em países como Chile, Argentina e Brasil – que apresenta 2.201 infectados confirmados e 46 mortes até agora, segundo o Ministério da Saúde (Dados atualizados às 23:47h).

Leia mais:

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.