Daytime Emmy Awards 2020 é cancelado por causa do novo Coronavírus

A pandemia do novo Coronavírus tem apresentado uma série de consequências para a indústria de entretenimento ao redor do mundo. À respeito dessa questão, por exemplo, vários filmes e séries estão interrompendo as suas gravações e, inclusive, foi realizado o adiamento do tradicional Festival de Cannes desse ano.

Do mesmo modo, foi anunciado o cancelamento do Daytime Emmy Awards 2020, premiação destinada às séries e programas de TV que são exibidas antes do horário das 18h nos EUA. Portanto, o evento é diferente do Primetime Emmy Awards. Sobre essa segunda premiação, os organizadores ainda não se pronunciaram. Porém, segundo o site Deadline, o evento deve ser adiado ou cancelado.

Dessa forma, em nota, Terry O´Reilly, Presidente da National Academy of Television Arts & Sciences (NATAS), deixou clara a sua preocupação em relação ao Coronavírus. Ele declarou: “Dadas as nossas preocupações com a pandemia do COVID-19, decidimos que não realizaremos o 47º Daytime Emmy Awards anual em Pasadena em junho. Como existem tantas incógnitas no momento, com o fluxo de informações mudando diariamente, quase a cada hora, seria simplesmente irresponsável avançar com nossa celebração anual de excelência na televisão diurna neste momento.” Além disso, Terry deixou claro que a sua equipe está buscando outras maneiras de homenagear aqueles que seriam os vencedores da premiação.

A 47ª edição do Daytime Emmy Awards estava prevista para ser realizada em junho, em Pasadena.

Além do Daytime Emmy Awards: As Consequências na Indústria de Entretenimento

O surto do novo Coronavírus tem apresentado várias consequências para o mundo e a indústria de entretenimento não escapa disso. Recentemente, a OMS (Organização Mundial de Saúde) decretou caso de pandemia. Filmes como MulanUm Lugar Silencioso: Parte II007: Sem Tempo Para Morrer etc tiveram suas estreias adiadas. A gravação de Velozes e Furiosos 9 e Falcão e o Soldado Invernal também foram canceladas por um tempo. Além disso, a China perdeu mais de US$ 200 milhões em bilheteria, o que fez com que vários cinemas precisassem ser fechados no país.

Além de Tom Hanks e Rita Wilson, outras celebridades já contraíram o COVID-19. Entre eles, o ator Idris Elba, a ex-Bond girl Olga KurylenkoKristofer Hivju (Game of Thrones), entre outros. Enquanto que aqui no Brasil, nomes como a cantora Preta Gil, a atriz Fernanda Paes Leme e o cantor Di Ferrero são alguns nomes que já se manifestaram sobre seus diagnósticos.

À princípio, os casos aqui na América do Sul começaram a aparecer em países como Chile, Argentina e Brasil – 621 infectados em 23 estados mais o Distrito Federal, a maioria em São Paulo (345) e no Rio de Janeiro (109). A informação é confirmada pelas Secretarias de Saúde Estaduais. Por outro lado, segundo o Ministério da Saúde, são 621 casos confirmados. (Dados atualizados às 17:11h).

Leia mais:

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.