The Batman | Warner Bros. decide interromper as gravações do novo filme

The Batman, de Matt Reeves, foi mais um filme que teve as gravações interrompidas por causa do surto do novo Coronavírus. A produção estava sendo realizada em Londres. A informação é da Variety.

A equipe e o elenco estavam se preparando para uma viagem até a cidade de Liverpool. Lá, novas cenas seriam gravadas. Tendo em vista toda a preocupação no Reino Unido em relação ao novo Coronavírus, a Warner Bros. optou por realizar um hiato. Dessa forma, a produção ficará paralisada por duas semanas. E ainda não se sabe se essa pausa tem a possibilidade de afetar a data de lançamento, que está prevista para junho de 2021.

Confira: Imagens podem ter revelado visual completo do novo Batman. 

Robert Pattinson interpretará a nova versão do Homem-Morcego nos cinemas. No elenco ainda tem: Paul Dano (Pequena Miss SunshineSangue Negro), que viverá o Charada; Zoe Kravitz, que foi escolhida para interpretar Selina Kyle, a Mulher-Gato; e Jeffrey Wright, o Bernard Lowe de Westworld, irá interpretar o comissário Gordon no filme. Colin Farrell também já foi confirmado como Oswald Cobblepot, o Pinguim.

Leia: Robert Downey Jr. está animado para ver Robert Pattinson como Batman

O novo longa sobre o Cavaleiro das Trevas pode ser focado em uma investigação no submundo de Gotham. O cineasta já havia afirmado que pretende fazer um filme de detetive noir. Nenhuma informação sobre o enredo foi divulgada.

Matt Reeves está reescrevendo o roteiro do longa. The Batman está previsto para ser lançado no dia 25 de junho de 2021.

As Consequências Além de The Batman

O surto do novo Coronavírus tem apresentado várias consequências para o mundo e a indústria de entretenimento não escapa disso. Recentemente, a OMS (Organização Mundial de Saúde) decretou caso de pandemia. Filmes como MulanUm Lugar Silencioso: Parte II007: Sem Tempo Para Morrer etc tiveram suas estreias adiadas. A gravação de Velozes e Furiosos 9 e Falcão e o Soldado Invernal também foram canceladas por um tempo. Além disso, a China perdeu mais de US$ 200 milhões em bilheteria, o que fez com que vários cinemas precisassem ser fechados no país.

A Netflix, assim como outros estúdios televisivos, também optou por cancelar as gravações de filmes ou séries que estavam sendo realizadas nos EUA ou no Canadá. Assim, produções como Stranger Things e Grace & Frankie foram prejudicadas.

Os primeiros casos aqui na América do Sul começaram a aparecer em países como Chile, Argentina e Brasil – que apresenta 108 infectados confirmados até agora segundo fontes oficiais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.