Que encontro! Bong Joon-ho vai à sessão de exibição de ‘Bacurau’ em Londres e encontra os diretores brasileiros

O cineasta Bong Joon-ho foi à uma sessão de exibição de Bacurau em Londres e encontrou os diretores Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. Depois disso o diretor vencedor do Oscar teve uma grande conversa com os brasileiros. A fonte é o site BBC.

Sobre o longa que foi o representante do Brasil no Oscar 2020, Bong fez um elogio: “É muito bonito. Tem uma energia única, traz uma força enigmática e primitiva. Eu espero que o governo brasileiro apoie mais a indústria de cinema brasileira e seus incríveis cineastas, como Kleber Mendonça e Juliano Dornelles. A indústria cinematográfica é arriscada e precisa de segurança e estabilidade.”

Ele também comentou que seu filme, Parasita, e Bacurau têm muitas semelhanças. “São pessoas e lugares diferentes, mas há uma conexão, da luta dos oprimidos.” Em seguida, fez uma piada: “O pessoal das classes mais baixas de Bacurau é muito mais legal que o de Parasita, que está muito mais bravo… A questão da comunidade é muito bonita em Bacurau. Só que infelizmente as pessoas das classes baixas em Parasita nunca ficam tão bravas quanto as de Bacurau, nunca pegam em armas! Tão triste (risos)!”

O cineasta ainda comentou sobre as cotas de telas e fez uma comparação com a indústria cinematográfica na Coréia do Sul. No país asiático, a política de cotas, instaurada no fim dos anos 1960, até os anos 2000 era grande, depois disso ela ficou bem menor. “Houve dificuldades e uma grande luta. Agora, o público gosta e está acostumado com os atores e diretores coreanos.”

A Cota de Tela tem como objetivo proteger e fomentar a indústria cinematográfica nacional, estabelecendo uma cota de exibição de filmes nacionais nas salas de exibição ao redor do território. Aqui no Brasil, esses valores são anualmente determinados através de um Decreto Presidencial. Porém, a medida ficou 1 ano sem revisão. O ex-Presidente Michel Temer (MDB) não assinou em 2018 e o atual Presidente Jair Bolsonaro só publicou o Decreto em dezembro de 2019, valendo para esse ano de 2020.

Confira a foto publicada por Kleber em sua conta no Twitter:

View this post on Instagram

Bong Joon Ho finalmente conseguiu assistir BACURAU. Achou o filme muito massa. ⚡️⚡️⚡️

A post shared by Juliano Dornelles (@jdornelles) on

Tanto Parasita quanto Bacurau fizeram parte da Seleção de filmes no Festival de Cannes do ano passado. O primeiro ganhou a tão desejada Palma de Ouro, enquanto que o segundo ficou com o Prêmio do Júri.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.