BAFTA Awards 2020 | ‘1917’ é o grande vencedor do “Oscar britânico”; veja a lista completa

Foi realizada neste domingo a 73ª edição do BAFTA Awards 2020. A premiação é realizada pela Academia Britânica de Artes do Cinema e Televisão (British Academy of Film and Television Arts).

O grande destaque é 1917, disparado o maior vencedor desta edição. O filme de Sam Mendes conquistou 7 prêmios de 9 indicações. Coringa ,de Todd Phillips , levou três prêmios para casa, incluindo de melhor atuação masculina para Joaquin Phoenix. O ator aproveitou a oportunidade para criticar a falta de diversidade no prêmio.

Nenhuma grande surpresa aconteceu em 2020. A Animação Klaus desbancou Toy Story 4, o que não chega a ser nenhum disparate, já que o filme se sagrou recentemente vencedor do Annie Awards.

Parasita confirmou o favoritismo e se sagrou o melhor filme em língua não inglesa. O longa de Bong Joon-Ho desbancou Era Uma Vez em… Hollywood  e também levou o prêmio de melhor roteiro original. A propósito, o filme dirigido por Quentin Tarantino por pouco não saiu da premiação de mãos abanando, fato que aconteceu com O Irlandês, de Martin Scorsese. Ambos receberam 10 indicações no total.

Joaquin Phoenix faturou mais um prêmio como melhor ator por “Coringa”

Confira abaixo a relação completa dos vencedores do BAFTA Awards 2020:

MELHOR FILME
1917

O Irlandês
Coringa
Era Uma Vez em… Hollywood
Parasita

MELHOR FILME BRITÂNICO
1917

Bait
For Sama
Rocketman
Você Não Estava Aqui
Dois Papas

MELHOR DIREÇÃO
Bong Joon Ho — Parasita
Sam Mendes — 1917
Todd Phillips — Coringa
Martin Scorsese — O Irlandês
Quentin Tarantino — Era Uma Vez em Hollywood

MELHOR ESTREIA DE UM ROTEIRISTA, DIRETOR OU PRODUTOR BRITÂNICO
Bait — Mark Jenkin (roteirista/diretor), Kate Byers, Linn Waite (produtores)

For Sama — Waad al-Kateab (diretor/produtor), Edward Watts (diretor)
Maiden — Alex Holmes (diretor)
Only You — Harry Wootliff (roteirista/diretora)
Retablo — Álvaro Delgado-Aparicio (diretor/roteirista)

MELHOR FILME ESTRANGEIRO (LÍNGUA NÃO-INGLESA)
The Farewell
For Sama
Dor e Glória
Parasita
Retrato de Uma Jovem em Chamas

MELHOR DOCUMENTÁRIO
American Factory
Apollo 11
Diego Maradona
For Sama
The Great Hack

MELHOR ANIMAÇÃO
Frozen 2
Klaus
Shaun, o Carneiro: Aliens
Toy Story 4

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Fora de Série — Susanna Fogel, Emily Halpern, Sarah Haskins, Katie Silberman
Entre Facas e Segredos — Rian Johnson
História de um Casamento — Noah Baumbach
Era Uma Vez em Hollywood — Quentin Tarantino
Parasita — Han Jin Won, Bong Joon-ho

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
O Irlandês — Steven Zaillian
Jojo Rabbit — Taika Waititi
Coringa — Todd Phillips, Scott Silver
Adoráveis Mulheres — Greta Gerwig
Dois Papas — Anthony McCarten

MELHOR ATRIZ
Jesse Buckley — As Loucuras de Rose
Scarlett Johansson — História de um Casamento
Saoirse Ronan — Adoráveis Mulheres
Charlize Theron — O Escândalo
Renée Zellweger — Judy

MELHOR ATOR
Leonardo DiCaprio — Era Uma Vez em Hollywood
Adam Driver — História de um Casamento
Taron Egerton — Rocketman
Joaquin Phoenix — Coringa
Jonathan Pryce — Dois Papas

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Laura Dern — História de um Casamento
Florence Pugh — Adoráveis Mulheres
Scarlett Johansson — Jojo Rabbit
Margot Robbie — Era Uma Vez em Hollywood
Margot Robbie — O Escândalo

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Tom Hanks — Um Lindo Dia na Vizinhança
Anthony Hopkins — Os Dois Papas
Joe Pesci — O Irlandês
Al Pacino — O Irlandês
Brad Pitt — Era uma Vez em Hollywood

MELHOR TRILHA SONORA
1917 — Thomas Newman
Jojo Rabbit — Michael Giacchino
Coringa — Hildur Guđnadóttir
Adoráveis Mulheres — Alexandre Desplat
Star Wars: A Ascensão Skywalker — John Williams

MELHOR DIRETOR DE ELENCO
Coringa — Shayna Markowitz
História de um Casamento — Douglas Aibel, Francine Maisler
Era Uma Vez em Hollywood — Victoria Thomas
The Personal History of David Copperfield — Sarah Crowe
Dois Papas — Nina Gold

MELHOR FOTOGRAFIA
1917 — Roger Deakins
O Irlandês — Rodrigo Prieto
Coringa — Lawrence Sher
Ford vs Ferrari — Phedon Papamichael
O Farol — Jarin Blaschke

MELHOR EDIÇÃO
O Irlandês — Thelma Schoonmaker
Jojo Rabbit — Tom Eagles
Coringa — Jeff Groth
Ford vs Ferrari — Andrew Buckland, Michael McCusker
Era Uma Vez em Hollywood — Fred Raskin

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
1917 — Dennis Gassner, Lee Sandales
O Irlandês — Bob Shaw, Regina Graves
Jojo Rabbit — Ra Vincent, Nora Sopková
Coringa — Mark Friedberg, Kris Moran
Era Uma Vez em Hollywood — Barbara Ling, Nancy Haigh

MELHOR FIGURINO
O Irlandês — Christopher Peterson, Sandy Powell
Jojo Rabbit — Mayes C. Rubeo
Judy — Jany Temime
Adoráveis Mulheres — Jacqueline Durran
Era Uma Vez em Hollywood — Arianne Phillips

MELHOR CABELO E MAQUIAGEM
1917 — Naomi Donne
O Escândalo — Vivian Baker, Kazu Hiro, Anne Morgan
Coringa — Kay Georgiou, Nicki Ledermann
Judy — Jeremy Woodhead
Rocketman — Lizzie Yianni Georgiou

MELHOR SOM
1917 — Scott Millan, Oliver Tarney, Rachael Tate, Mark Taylor, Stuart Wilson
Coringa — Tod Maitland, Alan Robert Murray, Tom Ozanich, Dean Zupancic
Ford vs Ferrari — David Giammarco, Paul Massey, Steven A. Morrow, Donald Sylvester
Rocketman — Matthew Collinge, John Hayes, Mike Prestwood Smith, Danny Sheehan
Star Wars: A Ascensão Skywalker — David Acord, Andy Nelson, Christopher Scarabosio, Stuart Wilson, Matthew Wood

MELHORES EFEITOS VISUAIS
1917 — Greg Butler, Guillaume Rocheron, Dominic Tuohy

Vingadores: Ultimato — Dan Deleeuw, Dan Sudick
O Irlandês — Leandro Estebecorena, Stephane Grabli, Pablo Helman
O Rei Leão — Andrew R. Jones, Robert Legato, Elliot Newman, Adam Valdez
Star Wars: A Ascensão Skywalker — Roger Guyett, Paul Kavanagh, Neal Scanlan, Dominic Tuohy

MELHOR CURTA-METRAGEM ANIMADO BRITÂNICO
Grandad was a Romantic
In Her Boots
The Magic Boat

MELHOR CURTA-METRAGEM BRITÂNICO
Azaar
Goldfish
Kamali
Learning to Skateboard in a Warzone (If You’re a Girl)
The Trap

PRÊMIO ESTRELA EM ASCENSÃO – Saiba mais aqui
Awkwafina
Kaitlyn Dever
Kelvin Harrison Jr.
Jack Lowden
Micheal Ward

A cerimônia do Oscar 2020 acontece em 9 de fevereiro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...