Afinal de contas, o que faz um Diretor de Fotografia?

Todo ano os amantes da Sétima Arte ficam ansiosos com a cerimônia do Oscar, torcendo para que seus filmes prediletos sejam premiados e também fazendo suas apostas para adivinhar quais filmes receberão a estatueta dourada. Contudo, algumas categorias ainda ficam nebulosas na cabeça do grande público e dentre elas, podemos destacar a curiosa premiação de Melhor Direção de Fotografia.

Mas, afinal de contas, o que faz um Diretor de Fotografia e por que essa função é tão importante na produção cinematográfica a ponto de a Academia reconhecê-la e criar uma premiação específica para ela?

Pra começo de conversa, sem Direção de Fotografia não há filme. Simples assim!

O diretor de fotografia, obviamente, é responsável pela fotografia de um filme. Se uma produção cinematográfica é uma obra audiovisual, ou seja, uma obra composta por áudio e imagens, a fotografia compõe as imagens propriamente ditas. Ou seja, cinquenta por cento de um filme é a fotografia.

A fotografia, da forma mais simples possível, tem como definição ‘desenho de luz em uma superfície sensível’ (superfície esta que podem ser os negativos de filme do passado ou os sensores das câmeras digitais modernas). Dessa forma, é lícito dizer que sem luz, não há filme. Assim sendo, o fotógrafo tem como função majoritariamente desenhar com a luz.

Se um filme de suspense nos deixa tensos ou se um filme de comédia nos faz rir, isso se deve às emoções específicas que são proporcionadas por meio das imagens e sons. Ou seja, se as imagens forem construídas de forma aleatória, o expectador não será capaz de sentir as emoções que o realizador gostaria que ele sentisse.

Roger Deakins, Diretor de Fotografia em “1917” (2019)

Confira os vencedores do ASC Awards 2020, principal premiação de diretores de fotografia

O diretor de fotografia inicia seu trabalho ainda na pré produção. Assim que o roteiro é finalizado e as primeiras etapas começam a ser planejadas, o fotógrafo, em conferência com o diretor, decide quais serão os equipamentos utilizados e como a luz será captada em cada cena.

Na verdade, tudo depende da luz. Sem luz, não podemos ver nada, apenas a escuridão total. Dessa forma, podemos afirmar que tudo o que assistimos na telona são desenhos de luz. A forma como a luz é captada pela câmera irá influenciar nas formas, contrastes e texturas. Cabe ao diretor de fotografia decidir quais tipos de câmera serão utilizadas para a captação (pois câmeras diferentes captam a luz de forma diferente) e quais tipos de lentes serão acopladas à elas. As lentes, muitas vezes, são ainda mais importantes do que o tipo de câmeras a serem utilizadas, pois são elas que controlam a quantidade de luz (claro e escuro), a amplitude de campo (a quantidade de elementos em foco e elementos desfocados) e a distorção do que será visto na tela.

Outro fator importantíssimo é a iluminação, que é decidida muitas vezes juntamente com o iluminador e os eletricistas. Em situações em que o fotógrafo opta por utilizar a luz natural, os fatores influenciáveis se baseiam na hora do dia em que a cena está sendo filmada. Já nos demais (a maioria), onde se utiliza luz artificial, existem inúmeras opções de formas de iluminação, cada uma responsável por um tipo de sensação a ser proporcionada ao expectador.

Em uma cena feliz e descontraída, é comum os fotógrafos optarem por luzes que evidenciam as cores quentes, para que a cena passe a sensação de calor, euforia e felicidade. Em contrapartida, em uma cena triste ou assustadora, as luzes utilizadas (bem como a posição delas, formando contrastes diferentes) irá evidenciar as cores mais frias.

É importante ressaltar também que o diretor de fotografia precisa estar em sintonia com o diretor de arte, pois os objetos a serem utilizados nas cenas, bem como a maquiagem e figurinos dos atores, serão diretamente influenciadas pelo tipo de luz que será utilizada na cena.

Por fim, o operador de câmera é responsável por seguir as recomendações do diretor de fotografia para posicionar e mover a câmera de forma a captar os desenhos de luz que foram pré-estabelecidos.

A Diretora de Fotografia Rachel Morrison, trabalhando em “Muudbound” (2017)

Conheça os indicados ao Oscar 2020

Existem inúmeras combinações de equipes e muitas vezes o diretor de fotografia também é o responsável direto pela iluminação e também pela operação de câmera. Porém, conforme a complexidade do projeto, esse acúmulo de funções pode não ser viável.

Cada projeto necessita de uma direção de fotografia diferente. As cores, formas, contrastes e texturas são como tintas. A câmera é o pincel e o fotógrafo é o pintor.

Agora você já sabe o que faz um Diretor de Fotografia e por que essa função é tão importante na produção de um filme, tenho certeza que vai mudar a forma como você assiste a um filme.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Jeziel Bueno

Cineasta independente e amante de filmes e séries. Nutre uma intensa paixão pela habilidade que só o ser humano tem de transmitir os aspectos de sua alma por meio da Arte...