‘Bad Boys: Para Sempre’ e ‘Judy: Muito Além do Arco-Íris’ são as grandes estreias da semana nos cinemas; confira

Confira as estreias da semana e os filmes que entram em cartaz em 30 de janeiro, nos cinemas brasileiros:

BAD BOYS PARA SEMPRE

Em Bad Boys Para Sempre (Bad Boys For Life), Smith e Lawrence retornam como seus protagonistas icônicos, Mike Lowery e Marcus Burnett. No filme, assim como Marcus está tentando dar um passo atrás e passar mais tempo com a família, uma ameaça perigosa emergirá para colocar em risco a vida de Mike – trazendo Marcus de volta à ativa, afinal, Mike também é sua família e ele não deixará que ele vá sozinho nessa missão.

Diretor: Adil El Arbi e Bilall Fallah. 16 anos.


TESTEMUNHA INVISÍVEL

Adriano Dória tem a vida perfeita: um empresário de sucesso, com uma família feliz e uma amante deslumbrante. Tudo parece estar indo bem até que ele acorda em um quarto de hotel sem saída com sua amante morta e uma maleta de dinheiro. Agora precisa recorrer a melhor preparadora de testemunhas da Itália para desvendar o que aconteceu e conseguir provar sua inocência.

Diretor: Stefano Mordini.


OS ÓRFÃOS

O longa nos levará para uma misteriosa propriedade na zona rural de Maine, onde a recém-chegada babá Kate é encarregada de cuidar de dois órfãos perturbados, Flora e Miles. Rapidamente, ela descobre que tanto as crianças quanto a casa escondem segredos obscuros e as coisas podem não ser como aparentam ser. Inspirado no conto `A Volta do Parafuso´, de Henry James.

Diretor: Floria Sigismondi.


JUDY: MUITO ALÉM DO ARCO-ÍRIS

A lendária artista Judy Garland, interpretada por Renée Zellweger, chega a Londres no inverno de 1968 para realizar seus últimos shows com ingressos esgotados.

Diretor: Rupert Goold. 14 anos. Leia a nossa crítica.


E AGORA, A MAMÃE SAIU DE FÉRIAS?

Carlo e Giulia têm três filhos: ele é um pai distraído e absorvido pelo trabalho; ela é uma mãe que se dedicou à sua família, desistindo de sua carreira. As crianças são Camilla, uma adolescente rebelde de 13 anos de idade, Tito, de 10 anos, inteligente e de humor duvidoso, e a pequena Bianca, de 2 anos, que não fala, usa gestos e só faz o que quer. Giulia, cansada da rotina, conta à família sairá por dez dias de férias – sozinha. Carlo de repente se encontra em um verdadeiro pesadelo! Entre jantares para preparar, lidar com a rotina das crianças, quase desastres e compromissos de trabalho perdidos, Carlo sobrevive a esses dez intermináveis contando com a ajuda inusitada de uma babá. Será que esse tempo foi necessário para conhecer melhor seus filhos e aproximar a família?

Diretor: Alessandro Genovesi.


COM AMOR, VAN GOGH: O SONHO IMPOSSÍVEL

Um documentário que mostra em detalhes a difícil jornada de dois cineastas para atingir um sonho impossível: criar `Com Amor, Van Gogh´, o primeiro longa-metragem de animação da história do Cinema feito completamente com pinturas, e que foi indicado ao Oscar e ao Globo de Ouro de Melhor Animação em 2018.

Diretor: Miki Wecel. 14 anos.


AÇÚCAR

Bethânia retorna a suas terras onde uma vez funcionou o antigo engenho de açúcar da sua família, o Engenho Wanderley. Entre fotos, criaturas fantásticas, contas a pagar e trabalhadores reivindicando seus direitos sobre a terra, Bethania enfrenta a si mesma em um presente onde o passado e o futuro são ambos ameaçadores. AÇÚCAR é ambientado num universo de realismo fantástico, que cruza a história pessoal de Bethânia com a formação da identidade de um país que é, ao mesmo tempo, moderno e arcaico, contemporâneo e ancestral, branco e muito, muito mais negro.

Diretor: Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira. 14 anos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.