DGA Awards 2020 | Sam Mendes, diretor de ‘1917’, vence o prêmio do Sindicato de Diretores; veja a lista completa

Foram anunciados os vencedores do DGA Awards 2020, prêmio do Sindicato de Diretores de Hollywood. O prêmio é um dos maiores termômetros para o Oscar. 

Sam Mendes, diretor de 1917, ficou com o prêmio principal. Em seu discurso, ele agradeceu aos diretores concorrentes em sua categoria, Quentin Tarantino, Taika Waititi, Bong Joon-Ho e Martin Scorsese. Por fim, o cineasta dedicou o troféu à sua filha e revelou que ela inspirou uma emocionante cena do drama de guerra.

O grande vencedor em 2018 foi o diretor Guillermo Del Toro pelo filme A Forma da Água. Ele também ganhou o Oscar na categoria Melhor Diretor. Já em 2019, o também vencedor do Oscar Alfonso Cuarón ficou com o prêmio por sua direção em Roma. Ambos levaram o Oscar da Academia. Em 2020, a tendência irá de confirmar?

Além das categorias de cinema, o DGA Awards 2020 também contempla categorias de TV. Watchmen e Barry desbancaram favoritos de outrora como Game of Thrones e The Marvelous Mrs.Maisel. Já Chernobyl confirmou a tendência das últimas premiações, e faturou mais um importante prêmio pelo trabalho do diretor Johan Renck.

Veja a lista de vencedores do DGA Awards 2020 abaixo:

CINEMA

MELHOR DIRETOR EM FILME
Bong Joon Ho, Parasita
Sam Mendes, 1917
Martin Scorsese, O Irlandês
Quentin Tarantino, Era Uma Vez em… Hollywood
Taika Waititi, Jojo Rabbit

MELHOR ESTREANTE EM DIREÇÃO
Mati Diop, Atlantique
Alma Har’el, Honey Boy
Melina Matsoukas, Queen & Slim
Tyler Nilson e Michael Schwartz, The Peanut Butter Falcon
Joe Talbot, The Last Black Man in San Francisco

MELHOR DIREÇÃO DE DOCUMENTÁRIO
Steven Bognar and Julia Reichert, Indústria Americana

Feras Fayyad, The Cave
Alex Holmes, Maiden
Ljubomir Stefanov & Tamara Kotevska, Honeyland
Nanfu Wang and Jialing Zhang, One Child Nation

TELEVISÃO

MELHOR DIREÇÃO EM SÉRIE DE DRAMA
Nicole Kassell por Watchmen – Episódio: “It’s Summer and We’re Running Out of Ice” (HBO)

Mark Mylod por Succession – Episódio: “This Is Not For Tears” (HBO)
David Nutter por Game of Thrones – Episódio: “The Last of the Starks” (HBO)
Miguel Sapochnik por Game of Thrones – Episódio: “The Long Night” (HBO)
Stephen Williams por Watchmen – Episódio: “This Extraordinary Being” (HBO)

MELHOR DIREÇÃO EM SÉRIE DE COMÉDIA
Dan Attias por The Marvelous Mrs. Maisel – Episódio: “It’s the Sixties, Man!” (Prime Video)
Bill Hader por Barry – Episódio: “ronny/lily” (HBO)
David Mandel por Veep – Episódio: “Veep” (HBO)
Amy Sherman Palladino por The Marvelous Mrs. Maisel – Episódio: “It’s Comedy or Cabbage” (Prime Video)
Daniel Palladino por The Marvelous Mrs. Maisel – Episódio: “Marvelous Radio” (Prime Video)

MELHOR DIREÇÃO EM TELEFILME OU MINISSÉRIE
Ava DuVernay, Olhos que Condenam (Netflix)
Vince Gilligan, El Camino: A Breaking Bad Movie (Netflix)
Thomas Kail, Fosse/Verdon, “Nowadays” (FX)
Johan Renck, Chernobyl (HBO)
Minkie Spiro, Fosse/Verdon, “All I Care About Is Love” I(FX)
Jessica Yu, Fosse/Verdon, “Glory” (FX)

A cerimônia do Oscar acontece no dia 9 de fevereiro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...