Bilheteria no Brasil | ‘Minha Mãe É Uma Peça 3′ retorna à liderança

Minha Mãe É Uma Peça 3, que está na sua terceira semana em cartaz, retornou à liderança das bilheterias brasileiras nesse fim de semana (09 a 12 de janeiro). A comédia, estrelada por Paulo Gustavo, arrecadou R$ 21 milhões, que se somam à quantia total de R$ 110 milhões. Mais de 6.8 milhões de pessoas já foram assistir ao filme através de 1834 salas de exibição.

Leia a nossa crítica de Minha Mãe É Uma Peça 3.

Frozen 2 caiu para a segunda posição. O longa arrecadou R$ 18 milhões em sua segunda semana em cartaz através de 1504 salas de exibição. Só aqui no Brasil, sua bilheteria é de R$ 78 milhões. Mais de 4.7 milhões de pessoas foram assistir à animação, que recebeu uma indicação ao Oscar na categoria Melhor Canção Original. Ao redor do mundo, sua bilheteria é de US$ 1.372 bilhão, o que faz da sequência a maior bilheteria de animação de todos os tempos.

Leia a nossa crítica de Frozen 2

Star Wars: A Ascensão Skywalker continuou na terceira posição. O longa faturou R$ 2.1 milhões em sua quarta semana em cartaz. Só aqui no Brasil, já arrecadou R$ 51 milhões. Através de 175 salas de exibição, mais de 2.6 milhões de pessoas já assistiram ao último filme da Saga, que recebeu 3 indicações ao Oscar 2020. Ao redor do mundo, a sua bilheteria é de US$ 989.9 milhões.

Leia a nossa crítica de Star Wars: A Ascensão Skywalker

Em quarto lugar, ficou o estreante Adoráveis Mulheres, de Greta Gerwig. O filme, estrelado por Saoirse Ronan, arrecadou R$ 1.6 milhão em seu fim de semana de abertura através de 466 salas de exibição. Ao redor do mundo, sua bilheteria é de US$ 107.3 milhões. Recebeu 6 indicações ao Oscar, incluindo Melhor Filme.

Leia a nossa crítica de Adoráveis Mulheres.

O quinto colocado foi o estreante Ameaça Profunda, estrelado por Kristen Stewart. O suspense arrecadou R$ 1.2 milhão em seu primeiro fim de semana em cartaz através de 395 salas de exibição. Ao redor do mundo, sua bilheteria é de US$ 14.4 milhões.

O Caso Richard Jewell, de Clint Eastwood, ficou com a sexta colocação. O filme arrecadou R$ 339 mil em sua segunda semana em cartaz através de 134 salas de exibição. Só no Brasil o longa, indicado ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Kathy Bates), já foi visto por mais de 63 mil pessoas e faturou R$ 1.4 milhão. Ao redor do mundo, a sua bilheteria é de US$ 26.6 milhões.

Leia a nossa crítica de O Caso Richard Jewell.

A sétima posição ficou com Entre Facas e Segredos, de Rian Johnson. Em sua quarta semana em cartaz, o filme, estrelado por Ana de Armas Chris Evans, arrecadou R$ 253 mil. Só no Brasil, já faturou R$ 9.4 milhões. Ele está em cartaz em 226 salas de cinema e mais de 518.7 mil pessoas já foram assistir ao longa. Ao redor do mundo, sua bilheteria é de US$ 265.5 milhões.

Leia a nossa crítica de Entre Facas e Segredos

O oitavo colocado foi O Farol, de Robert Eggers. O suspense, estrelado por Willem Dafoe e Robert Pattinson, arrecadou R$ 203 mil em sua segunda semana em cartaz através de 279 salas de exibição. Só aqui no Brasil, já faturou R$ 724.1 mil e já foi visto por pouco mais de 39 mil pessoas. Ao redor do mundo, sua bilheteria é de US$ 13.5 milhões. Indicado ao Oscar na categoria Melhor Fotografia.

Leia a nossa crítica de O Farol.

O longa de Bong Joon-hoParasita, ficou com a nona posição. Em sua nona semana em cartaz, o filme sul-coreano faturou R$ 180 mil através de 223 salas de exibição. Ele recebeu 6 indicações ao Oscar. Sua bilheteria aqui no Brasil é de R$ 3.5 milhões e, ao redor do mundo, é de US$ 132.4 milhões.

Leia a nossa crítica de Parasita.

Fechando o Top 10, o estreante Retrato de Uma Jovem em Chamas, de Céline Sciamma. O filme francês arrecadou R$ 168 mil em seu fim de semana de abertura através de 206 salas de exibição. Ao redor do mundo, sua bilheteria é de US$ 4.1 milhões.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.