Todd Phillips diz que entende Martin Scorsese e descreve ‘Coringa’ como um filme anti-quadrinhos

Se você acompanhou as notícias da cultura pop em 2019, já sabe (ou está cansado de saber) que além de dizer que os filmes da Marvel não são cinema, Martin Scorsese comparou filmes do Universo Cinematográfico da Marvel a passeios em parques temáticosCuriosamente, o diretor esteve envolvido nos estágios iniciais da produção do Coringa, da Warner Bros., e até foi cotado para dirigir a história de origem do vilão da DC Comics.

Recentemente, Scorsese e o diretor do Coringa Todd Phillips participaram da tradicional mesa redonda de diretores do Hollywood Reporter, e os comentários polêmicos do veterano se tornaram parte da conversa. Phillips diz que entende o que Scorsese quis dizer, especialmente depois de ter passado pelo processo de criação de Coringa (via Comic Book).

Marty recebeu muitas críticas pelo o que ele disse, mas eu entendo completamente. Estávamos lutando para criar o Coringa, o que parece engraçado porque ele existe no mundo dos super-heróis, mas na verdade não é um desses filmes. Passamos um ano na Warner Bros., e eu via e-mails, literalmente, onde eles disseram: ‘Ele percebe que vendemos pijamas do Coringa?’ Eu digo: “Os filmes não chegaram primeiro e os pijamas, depois? Os pijamas estão ditando os filmes?” Passeios em parques temáticos. Pijamas. Copos de Slurpee. Seja o que for que você esteja vendendo a parte de trás dos filmes, você não pode tomar suas decisões com base nisso.”

Phillips aproveitou e enfatizou o quanto considera o filme “anti-quadrinhos”.  “…Felizmente, o chefe de marketing, Blair Rich, realmente defendeu, entendeu que era um filme anti-história em quadrinhos, por assim dizer. E, para ser sincero, é um movimento ousado para um estúdio como a Warner.”

Em entrevista recente ao site Cinema Blend, Todd Phillips disse que o Arthur Fleck, apresentado no filme Coringa, pode não ser o Coringa verdadeiro. Confira aqui.

Leia mais:

Leia a nossa crítica de Coringa

Tood Phillips comemora indicações ao Globo de Ouro e elogia Joaquin Phoenix

Coringa se torna a maior bilheteria da Warner Bros. no Brasil

Coringa é uma história original e fictícia sobre o icônico vilão nunca antes vista no cinema. A versão do diretor Todd Phillips sobre Arthur Fleck, interpretado por Joaquin Phoenix, mostra um homem lutando para se integrar à sociedade despedaçada de Gotham.

O filme está em cartaz nos cinemas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.