Game of Thrones | Final dos livros, destino de Daenerys e mais: showrunners fazem revelações sobre o fim da série

AVISO: Possíveis spoilers dos livros de As Crônica de Gelo e Fogo, que deram origem a Game of Thrones

De acordo com showrunners de Game of Thrones, David Benioff e D.B. Weiss, o final dos livros de As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R. R. Martin, não será tão diferente do que vimos na série da HBO. conforme revelado pela Entertainment Weekly, a versão em home video da oitava temporada trará algumas revelações feitas pelos criadores do seriado, no making-of  intitulado “Duty is the Death of Love”.

Em outubro, o autor já havia revelado que o final da série não será tão diferente do que vimos na TV, embora tenha admitido que o último ano da série não tenha sido completamente fiel à sua obra literária.

De acordo com a publicação, o último livro termina com Bran Stark (Isaac Hempstead-Wright) assumindo o Trono de Ferro, exatamente como vimos no último capítulo do seriado. “Bran é a única pessoa provavelmente pura lá“, comentou Peter Dinklage (Tyrion), em um comentário durante os extras.

O DVD também revela que Jon Snow não teve a intenção de matar Daenerys. Somente após a conversa com a Mãe dos Dragões (Emilia Clarke), ele decidiu sentenciar sua amada, depois de ver que sua loucura era irremediável. Segundo Kit Harington, “ele não sabe que vai traí-la até o final”. “Na cabeça de Jon, há uma série de razões: Dany não leva em consideração as decisões de outras pessoas e também significa que Dany vai matar minhas irmãs, então se torna minha família contra a dela”, conta.

Sobre o destino do corpo de Daenerys, bem… muita gente sugeriu que Drogon teria até devorado a própria mãe. Mas, isso foi esclarecido: “Não, Drogon não comeu o corpo de Dany depois que o dragão levou sua mãe pelo mar. O dragão estava indo em direção a Volantis”, destaca o site, no trecho em que Clarke ressalta que os fãs apontaram que os dragões devoravam seus donos, algo que os showrunners negaram. “Drogon não vai te comer”, assegura Benioff. “Você viu o quão gentilmente ele estava te cutucando?”, diz o cocriador da série à atriz.

Outro motivo de discussão por parte dos fãs da série da HBO foi o destino do Trono de Ferro, incendiado por Drogon após a morte de Dany. Isso não é revelado, mas Benioff destaca que possivelmente o dragão pensou que “se Dany não vai se sentar nele, ninguém vai se sentar nele.” Bela explicação, só que não.

Outras duas revelações dizem respeito à Brienne (Gwendoline Christie). Na cena final entre Jaime (Nikolaj Coster-Waldau) e ela, que fica em lágrimas ao ver o regicida ir para o Sul, como se já não bastasse partir o coração da mulher, haveria a seguinte frase dita pelo regicida: “Eu não te amo. Ninguém te ama.” Christie também precisou aprender caligrafia para a cena em que ela escreve os feitos de Jaime Lannister no Livro dos cavaleiros, em Porto Real, no fim da série. Conforme a publicação destaca, embora essa fosse uma cena curta e simples, a produção passou três dias ensaiando com a atriz.

Outro destaque fica por conta de Clarke, que pergunta aos showrunners qual temporada foi a favorita deles, seja em termos do resultado final ou da temporada. Benioff diz que as temporadas 4, 6 e 8 (coragem), enquanto Weiss escolhe a 4ª temporada porque “todo mundo estava bem, mas estávamos tão longe do final que não precisávamos nos preocupar com o final…”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...