Coringa | Filme se torna a maior bilheteria da Warner Bros. na história do Brasil

Coringa tem feito história no Brasil, atingindo a bilheteria de R$ 152.7 milhões arrecadados e levando 9.5 milhões de espectadores ao cinema em todo o país. Os números transformam o filme na maior bilheteria e público da Warner Bros. Pictures no país.

Já em sua estreia o longa conquistou a marca da maior abertura de outubro de todos os tempos no mercado brasileiro, assim como a maior abertura de um filme em 2D. Desde então, Coringa só cresceu e quebrou recordes atrás de recordes no país, incluindo a maior bilheteria de um filme da Warner, de um filme da DC e de um longa para maiores de 16 anos.

O longa também se tornou o terceiro maior filme de 2019, o terceiro maior filme de super-heróis de todos os tempos e o quarto maior da indústria cinematográfica. É também o mais novo filme a entrar no seleto grupo das produções que arrecadaram 1 bilhão de dólares na bilheteria mundial.

O longa protagonizado por Joaquin Phoenix superou o desempenho de O Cavaleiro das Trevas (US$ 1,004 bilhão). É também a produção de maior bilheteria com o vilão.

Recentemente, o longa também se tornou a produção baseada em história em quadrinhos mais lucrativa de todos os tempos. Segundo a Forbes, a análise leva em conta a relação entre bilheteria e o custo de produção. Coringa também é o primeiro filme para maiores a atingir 1 bilhão de dólares.

Diretor Todd Phillips esclarece rumores sobre novo filme

Sequência de Coringa não está em desenvolvimento

Coringa ultrapassa a marca de US$ 1 bilhão na bilheteria mundial

Leia a nossa crítica de Coringa

Diretor revela o que aconteceu com Sophie no fim do filme

Coringa inicia campanha para o Oscar em 15 categorias

Coringa é uma história original e fictícia sobre o icônico vilão nunca antes vista no cinema. A versão do diretor Todd Phillips sobre Arthur Fleck, interpretado por Joaquin Phoenix, mostra um homem lutando para se integrar à sociedade despedaçada de Gotham.

O filme está em cartaz nos cinemas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...