J. J. Abrams elogia George Lucas e diz que trabalhou nos filmes reverenciando o criador de Star Wars

Recentemente, o CEO da Disney, Bob Iger, revelou alguns segredos por trás de seu cargo e falou sobre a reação do criador de Star Wars, George Lucas, depois que a Disney comprou a Lucasfilm e passou a desenvolver os filmes da franquia. Segundo Iger, o cineasta sentiu-se “traído” pelas decisões da Disney, que não utilizou seus roteiros após a compra dos direitos.

Depois da compra, a Disney contratou J.J. Abrams para produzir e dirigir O Despertar da Força e não usou o material proposto por George para a nova trilogia. O diretor já havia declarado que consultou Lucas antes de dar sequência aos eventos da Saga Skywalker. Agora, Abrams falou novamente sobre a sua relação com o criador da saga e comentou suas recentes declarações:

Eu só tive gratidão por George. Provavelmente é uma coisa complicada para ele“, revelou Abrams à Rolling Stone . “Decidir que você venderá o que criou, que foi seu bebê, para qualquer pessoa – isso deve ser mais complicado do que receber um cheque e sorrir sobre ele. Mas ele tem sido incrivelmente gentil. Ele tem sido super generoso.”

Lucas não estava completamente ausente do processo de desenvolvimento dos novos episódios, com Abrams notando que o cineasta continua atuando como consultor da franquia:

Ele veio, nós tivemos uma reunião quando começamos a trabalhar neste [novo filme], conversamos sobre várias idéias e histórias diferentes e ouvimos dele o que era importante“, confessou Abrams. “E não fizemos nada além de tentar aderir a alguns aspectos fundamentais da história. Não foi uma coisa difícil de tentar. E, novamente, ele foi muito gentil. Então, sou apenas grato.”

Abrams fez questão de enfatizar sua gratidão e respeito a George Lucas. Coube a ele reiniciar a história criada por ele, e encerrar. “Eu diria que não tenho nada além de profundo respeito pelo cara [Lucas] e ainda estou verdadeiramente, ainda mais agora, trabalhando nesses filmes reverenciando o que ele criou“.

Em dezembro, a nova trilogia chega ao fim com Star Wars: A Ascenção Skywalker

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...