Independent Spirit Awards 2020 | ‘A Vida Invisível’ é indicado ao Oscar do cinema independente; ‘Uncut Gems’ e ‘O Farol’ lideram nomeações

Foram anunciados os indicados à 35ª edição do Independent Spirit Awards. Os filmes Uncut Gems, dos irmãos Safdie, e O Farol, de Robert Eggers, são os líderes de indicações, cada um com cinco. A A24, produtora dos dois longas, também a foi a mais indicada (24 no total).

Também apareceram na lista filmes como História de um Casamento, de Noah Baumbach; The Farewell, de Lulu Wang; Honey Boy, de Alma Har´el; entre outros.

Independent Spirit Awards é uma premiação feita pela Film Independent, uma organização sem fins lucrativos dos EUA que incentiva e defende a independência criativa de jovens cineastas. A primeira cerimônia ocorreu em 1984.

O prêmio costuma ser um termômetro para o Oscar. Muitos dos filmes que aparecem no Independent Spirit também estão no principal prêmio do cinema. Além disso, dos últimos cinco vencedores, quatro ganharam também o Oscar de Melhor Filme. No entanto esse cenário se alterou nos últimos dois anos. Em 2018, o vencedor da premiação foi Corra!, e no Oscar foi A Forma da Água. No caso de 2019, Se a Rua Beale Falasse ganhou o Spirit e Green Book: O Guia levou o principal prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Vale a pena ressaltar a presença do longa brasileiro A Vida Invisível, de Karim Aïnouz, indicado na categoria de Melhor Filme Internacional. Ele é estrelado por Carol Duarte, Julia Stockler, Gregorio Duvivier, Bárbara Santos, Flavia Gusmão e Fernanda Montenegro e é o representante do Brasil no Oscar 2020.

O anúncio foi feito pelas atrizes Zazie Beetz (Coringa) e Natasha Lyonne (Ad Astra). Veja abaixo a lista de indicados:

MELHOR FILME
A Hidden Life
Clemency
The Farewell
História de um Casamento
Uncut Gems

MELHOR PRIMEIRO FILME
Fora de Série
The Climb
Diane
The Last Black Man in San Francisco
The Mustang
See You Yesterday

MELHOR ATRIZ
Karen Allen, por Colewell
Hong Chau, por Driveways
Elisabeth Moss, por Her Smell
Mary Kay Place, por Diane
Alfre Woodard, por Clemency
Renée Zellweger, por Judy

MELHOR ATOR
Chris Galust, por Give Me Liberty
Kelvin Harrison Jr., por Luce
Robert Pattinson, por O Farol
Adam Sandler, por Uncut Gems
Matthias Schoenaerts, por The Mustang

MELHOR DIRETOR
Robert Eggers, por O Farol
Alma Har’el, por Honey Boy
Julius Onah por Luce
Benny Safdie e Josh Safdie, por Uncut Gems
Lorene Scafaria, por As Golpistas

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Indústria Americana
Apollo 11
For Sama
Honeyland
Island of The Hungry Ghosts

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Willem Dafoe, por O Farol
Noah Jupe, por Honey Boy
Shia Labeouf, por Honey Boy
Jonathan Majors, por The Last Black Man in San Francisco
Wendell Pierce, por Burning Cane

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Jennifer Lopez, por As Golpistas
Taylor Russell, por Waves
Zhao Shuzhen, por The Farewell
Lauren “Lolo” Spencer, por Give Me Liberty
Octavia Spencer, por Luce

Prêmio Robert Altman
Marriage Story

MELHOR ROTEIRO
Noah Baumbach, por História de um Casamento
Jason Begue e Shawn Snyder, por To Dust
Ronald Bronstein, Benny Safdie e Josh Safdie, por Uncut Gems
Chinonye Chukwu, por Clemency
Tarell Alvin Mccraney, por High Flying Bird

MELHOR PRIMEIRO ROTEIRO
Fredrica Bailey e Stefon Bristol, por See You Yesterday
Hannah Bos e Paul Thureen, por Driveways
Bridget Savage Cole e Danielle Krudy, por Blow The Man Down
Jocelyn Deboer e Dawn Luebbe, por Greener Grass
James Montague e Craig W. Sanger, por The Vast of Night

MELHOR EDIÇÃO
Julie Béziau, por The Third Wife
Ronald Bronstein e Benny Safdie, por Uncut Gems
Tyler L. Cook, por Sword of Trust
Louise Ford, por O Farol
Kirill Mikhanovsky, por Give Me Liberty

MELHOR FOTOGRAFIA
Todd Banhazl, por As Golpistas
Jarin Blaschke, por O Farol
Natasha Braier, por Honey Boy
Chananun Chotrungroj, por The Third Wife
Pawel Pogorzelski, por Midsommar: O Mal Não Espera à Noite

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
A Vida Invisível (Brasil)
Os Miseráveis (França)
Parasita (Coréia do Sul)
Retrato de Uma Jovem em Chamas (França)
Retablo (Peru)
The Souvenir (Reino Unido)

Prêmio John Cassavetes (melhor filme feito com menos de US$ 500 mil)
Burning Cane
Colewell
Give Me Liberty
Premature
Wild Nights with Emily

Situado no distrito de diamantes da cidade de Nova York, Sandler interpreta Howard Ratner em Uncut Gems, um proprietário de uma joalheria e negociante de ricos e famosos, que deve encontrar uma maneira de pagar suas dívidas quando suas mercadorias forem retiradas de um de seus principais vendedores e namoradas.

O Farol se passa no século XIX e gira em torno de dois faroleiros. Thomas Wake (Willem Dafoe), responsável pelo farol de uma ilha isolada, contrata o jovem Ephraim Winslow (Robert Pattinson) para substituir o ajudante anterior e colaborar nas tarefas diárias. No entanto, o acesso ao farol é mantido fechado ao novato, que se torna cada vez mais curioso com este espaço privado. Enquanto os dois homens se conhecem e se provocam, Ephraim fica obcecado em descobrir o que acontece naquele espaço fechado, ao mesmo tempo em que fenômenos estranhos começam a acontecer ao seu redor.

Leia a nossa crítica de O Farol.

O Independent Spirit Awards será realizado no dia 8 de fevereiro de 2020.

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.