“Scorsese não é dono do cinema”, dizem Irmãos Russo, diretores de Vingadores: Ultimato

As críticas de Martin Scorsese continuam dando o que falar. Para relembrar os mais esquecidos, o diretor de O Irlândes declarou que os longas do MCU “não são cinema” e os comparou a parques de diversões.

Agora, os diretores de Vingadores: UltimatoJoe e Anthony Russo, deram sua opinião sobre as declarações do aclamado cineasta. Durante um evento de divulgação de seu novo filme, Crime Sem Saída, Joe Russo afirmou ao The Hollywood Reporter:

“No final das contas, nós definimos cinema como um filme que pode unir pessoas para compartilharem uma experiência emocional. Quando olhamos para a bilheteria de Vingadores: Ultimato, nós não vemos como um sucesso financeiro, mas como sucesso emocional. É um filme que teve um impacto sem precedentes no público ao redor do mundo, no modo que as pessoas compartilharam narrativas e no modo que elas experimentaram. E as emoções que eles sentiram”. 

Por sua vez, Anthony Russo foi mais incisivo em sua declaração:

“Um outro jeito de encarar as coisas, também, é que ninguém é dono do cinema. Nós não somos donos do cinema. Você não é dono do cinema. Scorsese não é dono do cinema”. 

Além de Ultimato, Joe e Anthony Russo comandaram outros três filmes na Marvel: Capitão América e o Soldado Invernal (2014); Capitão América: Guerra Civil (2016) e Vingadores: Guerra Infinita (2017).

Veja também o que disseram Kevin Feige, Viola Davis, Robert Downey Jr. e Samuel L. Jackson. A propósito, Vingadores: Ultimato iniciou sua campanha ao Oscar. Confira aqui.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.