Compras da Fox pela Disney serão revisadas

As compras da Fox pela Disney serão revisadas pelo CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). O motivo dessa revisão diz respeito aos canais esportivos aqui no Brasil. A Disney é oficialmente proprietária de uma grande parte das divisões da Fox na TV (com exceção da Fox News) e no cinema (20th Century Fox, Fox Searchlight, FX).

Com a aquisição da Fox, a Disney, que já era dona da ESPN, passaria a ser proprietária também do Fox Sports. No caso do Brasil, apenas o SporTV, da Globosat, funcionaria como concorrente.

A compra da Fox custou ao caixa da Disney um valor de 71.3 bilhões dólares. Por isso, levou tanto tempo para que o acordo fosse concluído. Além disso, era necessário que todos os 24 países, nos quais os estúdios funcionavam, aprovassem a decisão. Os últimos a se posicionarem a favor foram o Brasil e o México.

O CADE emitiu um pronunciamento:

“A venda do canal Fox Sports foi uma das medidas negociadas entre o Cade e as empresas em um Acordo em Controle de Concentrações (ACC) para afastar preocupações concorrenciais advindas da operação. O objetivo era permitir que a estrutura do mercado permanecesse com a mesma pressão competitiva anterior à fusão, com a continuidade de três opções de canais de esportes para os consumidores no Brasil: SporTV (da GloboSat), ESPN e mais uma nova empresa com os ativos da Fox Sports.”

Ainda não se sabe quais decisões podem ser tomadas pelo Conselho nem os efeitos dessas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.