IDA Awards 2019 | ‘Democracia em Vertigem’ recebe três indicações no Internacional Documentary Association 

Após as indicações ao Critics Choice Documentary Awards, foram anunciadas as indicações ao International Documentary Association (IDA), outro grande termômetro para a categoria de Melhor Documentário no Oscar. O IDA é uma associação de diretores, produtores, jornalistas e envolvidos com documentários do mundo todo.

Em sua última edição, em 2018, 4 dos indicados ao Oscar de Melhor Documentário, também foram indicado ao prêmio principal do IDA, com exceção do grande vencedor Free Solo, de Jimmy Chin e Elizabeth Chai VasarhelyiIndústria Americana, Apollo 11 e  Honeyland  lideraram as indicações da premiação. Além disso, The Biggest Little Farm, Sea of ​​Shadows e Democracia em Vertigem, de Petra Costa completa lista de favoritos do ano.

Este ano, a IDA recebeu 785 inscrições, incluindo 375 documentários, 153 curta documentário, 124 documentários em série, 89 filmes estudantis, 48 ​​documentários musicais e 44 podcasts, sendo que 40% das apresentações são produções ou coproduções internacionais.

“O IDA Documentary Awards reconhece a excelência na narrativa de não-ficção em uma variedade de formas, e todos os indicados e vencedores deste ano ilustram que a narrativa de documentários é uma das formas de arte mais vitais hoje em dia”, disse Simon Kilmurry, diretor executivo da IDA.

Pela primeira vez, a IDA adicionou um prêmio de Melhor Diretor, que inclui a brasileira Petra Costa (Democracia em Vertigem), Steven Bognar e Julia Reichert (Indústria Americana), Tamara Kotevska e Ljubomir Stefanov (Honeyland) e Waad al-Kateab e Edward Watts (For Sama).

“Com a adição do prêmio de melhor diretor, a IDA está fazendo uma declaração importante. Sentimos a necessidade de reconhecer com mais clareza a criatividade e a visão ousada da direção que está por trás de muitos dos filmes que temos o privilégio de considerar. Esperamos que este prêmio reconheça o fato de a direção de documentário ser uma forma de arte vital e única ”, acrescentou Kilmurry.

O International Documentary Association (IDA) 2019 será realizado no dia 7 de dezembro no Paramount Studios em Los Angeles. (via Awards Watch)

Confira abaixo a lista completa dos indicados:

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Defensora, de Rachel Leah Jones e Philippe Bellaiche.
Indústria Americana, de Steven Bognar and Julia Reichert.
Apollo 11, de Todd Douglas Miller.
The Biggest Little Farm, de John Chester.
Democracia em Vertigem, de Petra Costa.
For Sama, de Waad al-Kateab e Edward Watts.
Honeyland, de Ljubomir Stefanov.
Midnight Family, de Luke Lorentzen.
One Child Nation, de Nanfu Wang e Jialing Zhang.
Sea of Shadows, de Richard Ladkani.

MELHOR DIRETOR
Petra Costa
(Democracia em Vertigem).
Rachel Leah Jones e Philippe Bellaiche (Defensora).
Steven Bognar e Julia Reichert (Indústria Americana).
Tamara Kotevska e Ljubomir Stefanov (Honeyland).
Waad al-Kateab e Edward Watts (For Sama).

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM
A Love Song for Latasha, de Sophia Nahli Allison.
After Maria, de Nadia Hallgren.
America, de Garrett Bradley.
Black to Techno, de Jenn Nkiru.
Easter Snap, de RaMell Ross.
In the Absence, de Yi Seung-Jun.
Learning to Skateboard in a Warzone (if you’re a girl), de Carol Dysinger.
Sam and the Plant Next Door, de Omer Sami.
The Nightcrawlers, de Alexander Mora.
Valley of the Rulers, de Efim Graboy.

MELHORES DOCUMENTÁRIOS ESPECIALIZADOS EM SÉRIE
American Experience
BBC Storyville 

Dokumania 
POV 
AJE Witness

MELHORES EPISÓDIOS
Abstract: The Art of Design
Finding Justice
Kids Behind Bars: Life Or Parole
Living Undocumented
Our Planet

MELHOR DOCUMENTÁRIOS DIVIDIDOS EM PARTES
Chasing the Moon
Leaving Neverland
Lorena
Surviving R. Kelly
Wu-Tang Clan: Of Mics and Men

MELHORES DOCUMENTÁRIOS EM CURTA
A Cure for Fear
A Moment in Mexico — The New York Times Op-Docs
Guardian Documentaries
POV Shorts
The F Word

MELHOR ÁUDIO
Gladiator: The Aaron Hernandez Story 
Headlong: Running from COPS
Heavyweight — Episode: “Skye”
Latino USA — Episode: “The Return”
A Sense of Quietness

PRÊMIO DAVID L. HOLPER
All That Remains
Beyond the North Winds: A Post Nuclear Reverie
Brewed in Palestine
Follow the Sun
In the Wake

MELHOR DOCUMENTÁRIO MUSICAL
Wu-Tang Clan: Of Mics and Men
The Gift: The Journey of Johnny Cash”
Homecoming: A Film by Beyoncé
The Apollo
Amazing Grace

MELHOR FOFOGRAFIA
Midnight Family
When Lambs Become Lions
Gods of Molenbeek
Honeyland
Dark Suns

MELHOR EDIÇÃO
Apollo 11
Human Natury
Indústria Americana
When Lambs Become Lions
Diego Maradona
Midnight Family

MELHOR ROTEIRO
Dark Suns
The Cave
Democracia em Vertigem
The Great Hack
Always in Season

MELHOR TRILHA SONORA
Human Nature
Apollo 11
The Biggest Little Farm
The Raft
Sea of Shadows

PRÊMIO PARE LORENTZ
Honeyland, de Tamara Kotevska.

MENÇÃO HONROSA
Anthropocene: The Human Epoch, de Jennifer Baichwal, Nicholas de Pencier e Edward Burtynsky.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Juliana Oliveira

Estudante de psicologia e fascinada pelo audiovisual. Acredita que o cinema seja uma arte de teor político que dá voz a quem não é ouvido. Gosta de conhecer novas culturas e acredita que o cinema seja a melhor forma para isso, expandindo assim a visão de mundo dentro se sua limitada realidade.