Mostra de SP 2019 | ‘Meu Verão Extraordinário com Tess’ é simples e cativante

“Quando o último dinossauro na terra estava morrendo, ele sabia que seria o último a morrer?”

Uma das frases iniciais de Meu Verão Extraordinário com Tess define o tema central do longa. Baseado no livro de Anna Woltz de mesmo nome, Sam (Sonny Coops Van Utteren) é um garoto de 12 anos que passa suas férias em uma ilha turística da Holanda. Desta vez, ele conhece Tess (Josephine Arendsen), uma garota excêntrica que logo se torna sua amiga – e seu primeiro amor – e transforma o verão de Sam em uma experiência inesquecível.

Sam constantemente pensa sobre a morte e expõe seu medo de ficar sem sua família por ser o mais novo e, assim, acaba por dedicar horas de seu dia para ficar sozinho no que ele intitulou de “Treinamento da Solidão”. Enquanto isso, Tess criou um plano para trazer seu pai, que nunca conheceu antes, à ilha e precisa achar um jeito para contar a ele que ela é sua filha.

Dessa forma, os dois personagens representam os sentimentos opostos de solidão x aproximação e passado x futuro, e logo embarcam em uma aventura de verão que mudará suas perspectivas para sempre.

A solidão é sempre representada por planos abertos em que Sam é o único personagem em cena diante das vastas paisagens. Há sempre elementos que remetam ao verão como as cenas marcadas com a presença do sol radiante, crianças correndo, piqueniques, feiras, bicicletas e o mar. A trilha, ainda, reforça essa sensação de nostalgia de férias que grande parte de nós experienciamos quando crianças.

O longa também trabalha com a ideia de primeiro amor entre seus protagonistas, mas em segundo plano. O motor da trama é se e como Tess deve contar ao pai sobre o laço sanguíneo, com a ajuda de Sam. Apesar da dos empecilhos que poderiam surgir por ser um tema denso, principalmente para crianças, o diretor Steven Wouterlood o trata de maneira simples e leve, sem dramatizações.

Meu Verão Extraordinário com Tess é um filme sobre amadurecimento, primeiros amores e, ao mesmo tempo, uma discussão sobre autossuficiência e a convivência com os outros. Simples e cativante, é um daqueles filmes de deixar o coração quentinho.

MEU VERÃO EXTRAORDINÁRIO COM TESS | MIJN BIJZONDER RARE WEEK MET TESS
3.5

RESUMO:

Em Meu Verão Extraordinário com Tess, o foco é a jornada do amadurecimento do protagonista.

Quando assistir Meu Verão Extraordinário com Tess na 43ª Mostra:

Quinta-feira, 24/10

SESC OSASCO

20:00

Segunda-feira, 28/10

ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA – FREI CANECA 2

19:30

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Rafaella Rosado

Jornalista apaixonada pela sétima arte desde pequena, quando achava que era possível assistir todos os filmes do mundo. Acredita que o cinema é a forma mais sensível de explorar realidades.