Oscar 2020 | Curta de animação brasileiro ‘Guaxuma’, de Nara Normande, é um dos 92 curtas aptos a concorrer em sua categoria

As indicações para o 92º Oscar serão anunciadas apenas na segunda-feira, 13 de janeiro de 2020, e a cerimônia será apresentada no domingo, 9 de fevereiro de 2020, no Dolby Theatre em Hollywood & Highland Center, em Hollywood, Califórnia.

Entretanto, começaram a sair as primeiras listas das categorias de Melhor Curta de Animação. De acordo com o site Cartoon Brew, 92 curtas-metragens de animação foram enviados para a categoria de Melhor Curta de Animação do Oscar 2020.

Embora essa lista de filmes não seja divulgada ao público, o Cartoon Brew utilizou informações publicamente disponíveis e informações enviadas privadamente por cineastas para compilar uma lista de 90 filmes que acreditam estar entre os envios. Portanto, esses filmes estão em processo de aprovação. Para se qualificar à categoria, são possíveis três caminhos:

• O filme deve ter ganhado um prêmio de qualificação em um festival de cinema competitivo. A lista de festivais de cinema e os prêmios específicos desses festivais que podem qualificar um filme podem ser encontrados neste pdf.

• O filme deve ter sido exibido publicamente para admissão paga em um cinema comercial no condado de Los Angeles ou na cidade de Nova York por um período de pelo menos sete dias consecutivos, com pelo menos uma exibição por dia antes da exibição ou distribuição pública por quaisquer meios que não seja o cinema. O filme também deve aparecer nas listas de cinema, juntamente com as datas e o(s) horário(s) de exibição.

• O filme deve ter conquistado um prêmio de medalha de ouro, prata ou bronze na competição 2019 da Academia de Estudantes da Academia (Academy’s 2019 Student Academy Awards) nas categorias Animação, Narrativa, Alternativo ou Internacional.

De acordo com o site, existem pelo menos dois curtas adicionais enviados que atualmente não estão na lista.

A votação da primeira rodada por membros do Ramo de Curtas-Metragens e Animação da Academia ocorrerá em Nova York nos dias 26 e 27 de outubro e em Los Angeles nos dias 9 e 10 de novembro. A votação on-line para a lista curta ocorrerá entre os dias 6 e 10 de dezembro. A lista dos 10 filmes pré-selecionados está programada para ser anunciada em 16 de dezembro.

Um dos curtas presentes na seleção é Guaxuma, filme de Nara Normande, todo feito de areia, se passa em uma das praias mais famosas de Alagoas, onde a diretora passou a infância. O filme tem 14 minutos e conta a história de duas amigas de infância que são abaladas por uma tragédia.

Para conseguir tirar seu projeto do papel, Nara buscou apoio na França, onde encontrou animadores que já haviam trabalhado com filmes em animação formados por areia. As cenas de Guaxuma foram gravadas na própria praia, e também em Recife, Paris e no litoral português. Foram dois anos e oito meses de produção. (via Gazeta Web).

O filme acumula o Kikito de Ouro 2019 de Melhor Curta Nacional, Prêmio do Público no IndieLisboa International Independent Film Festival 2019 e Melhor Curta Internacional no Palm Springs International ShortFest 2019.

Veja o trailer:

Confira abaixo a lista completa:

1. Acid Rain, de Tomek Popakul (Polônia). Qualificado no Animafest Zagreb.

2. Augur, de David Doutel e Vasco Sá (Portugal/França). Qualificado em Busan.

3. Cazatalentos, de José Herrera (Espanha). Qualificado pelo Goya Awards.

4. Cityunited, de Don Jayamanne (Reino Unido). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

5. Coffee Break, de María Cristina Pérez, Mauricio Cuervo Rincón (Colômbia). Qualificado no Bogoshorts.

6. Coaster, de Amos Sussigan, Dan Lund (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

7. Cops & Robbers (Räuber & Gendarm), de Florian Maubach (Alemanha). Qualificado através do German Short Film Award.

8. Curse of the Monkeybird, de Pete Browngardt (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

9. Cycles, de Jeff Gipson (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

10. Dak’Toka Taíno, de Alba García (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

11. Dani, de Lizzy Hogenson (EUA). Qualificado no Palm Springs.

12. Daughter, de Daria Kashcheeva (República Tcheca). Qualificado no Student Academy Awards.

13. Don’t Feed These Animals, de Guilherme Afonso e Miguel Madaíl de Freitas (Portugal). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

14. Dont Know What, de Thomas Renoldner (Austria). Qualificado em Ottawa.

15. Downtown, de Kendra Vander Vliet (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

16. Drop, de Trent Correy (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

17. Egg, de Martina Scarpelli (França/Dinamarca). Qualificado no AFI Fest, em Atenas e Leipzig.

18. Elephant in the Room, de Brian Scott (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

19. Exchange Student, de Natalie Nourigat (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

20. Falafel Cart, de Abdullah Al-Wazzan (Kuwait). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

21. Fetch, de Mitch Counsell (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

22. Five Minutes to Sea, de Natalia Mirzoyan (Russia). Qualificado nos festivais Animayo, Encounters, Lebu.

23. Flowing Through Wonder, de Joanna Lurie (França). Qualificado no Flickerfest.

24. (Fool Time) Job, de Gilles Cuvelier (França). Qualificado em Uppsala.

25. Follow the White Rabbid, de Meat Dept (França). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

26. Game Changer, de Aviv Mano (EUA). Qualificado no Student Academy Awards.

27. Gon, The Little Fox, de Takeshi Yashiro (Japão). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

28. Grand Bassin, de Héloïse Courtois, Chloé Plat, Victori Jalabert, Adèle Raigneau (França). Qualificado em Warsaw.

29. Grendel, de Kalee McCollaum (EUA). Qualificado no Student Academy Awards.

30. Guaxuma, de Nara Normande (Brasil/França). Qualificado no Cinequest, Guadalajara, SXSW.

31. Gun Shop, de Patrick Smith (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

32. Hair-Jitsu, de Brian Estrada (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

33. Hair Love, de Matthew A. Cherry, Everett Downing Jr., Bruce W. Smith (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

34. Hands, de John Canemaker (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

35. Henrietta Bulkowski, de Rachel Johnson (EUA). Qualificado em Atlanta, Santa Barbara.

36. Hors Piste, de Léo Brunel, Loris Cavalier, Camille Jalabert, Oscar Malet (França). Qualificado no New York Int’ Children’s Film Festival.

37. How I Left Your Father, de Explosm/Connor Murphy (França). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

38. Ian, A Moving Story, de Abel Goldfarb (Argentina). Qualificado em Cleveland.

39. I’m Going Out for Cigarettes (Je sors acheter des cigarettes), de Osman Cerfon (França). Qualificado no Animator Int’ Festival.

40. Jing Hua, de Jerry Huynh (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

41. Just a Thought, de Brian Menz (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

42. Kitbull, de Rosana Sullivan (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

43. Las Del Diente, de Ana Pérez López (Espanha). Qualificado em Florida.

44. Le Mans 1955, de Quentin Baillieux (França). Qualificado em St. Louis.

45. Lightning in a Bottle, de John Aquino (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

46. Lucky Toupee, de Nikki Mull (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

47. Maestro, de Illogic (França). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

48. Marooned, de Andrew Erekson (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

49. Memorable, de Bruno Collet (França). Qualificado em Annecy.

50. Mind My Mind, de Floor Adams (Países Baixos/Bélgica). Qualificado em Rhode Island.

51. Mr. Mare, de Luca Tóth (Hungria/França). Qualificado em Odense.

52. My Generation, de Ludovic Houplain (França). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

53. My Little Goat, de Tomoki Misato (Japão). Qualificado no Short Shorts.

54. My Moon, de Eusong Lee (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

55. My Mother’s Eyes, de Jenny Wright (Reino Unido). Qualificado em Tribeca.

56. Ostrich Politic, de Mohamad Houhou (França). Qualificado no LA Shorts Fest.

57. Plankton, de Gustaf Lindström (Reino Unido). Qualificado no Interfilm.

58. Portrait of Suzanne, de Izabela Plucińska (Polônia/Alemanha/França). Qualificado em Krakow.

59. Primos, de Federico Gutiérrez Obeso (México). Qualificado em Chilemonos.

60. Puddles, de Zach Parrish (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

61. Purl, de Kristen Lester (EUA).Qualificado em Siggraph.

62. Raymonde or the Vertical Escape, de Sarah van der Boom (França). Qualificado em Leeds.

63. Reneepoptosis, de Renee Zhan (EUA/Japão). Qualificado em Sundance.

64. Reruns, de Rosto (França/Países Baixos/Bélgica). Qualificado em Anima.

65. Riviera, de Jonas Schloesing (França). Qualificado em Guanajuato, Regard — Saguenay Int’ Film Festival.

66. Roughhouse, de Jonathan Hodgson (Reino Unido/França). Qualificado através do BAFTA Awards.

67. Selfies, de Claudius Gentinetta (Suíça). Qualificado em San Francisco.

68. Shalva (=Tranquility), de Danna Windsor (EUA). Qualificado em Slamdance

69. Sister, de Siqi Song (EUA/China). Qualificado em Aspen Shortsfest, Austin, Foyle, Hollyshorts

70. Sitara: Let Girls Dream, de Sharmeen Obaid Chinoy (Paquistão). Qualificado através de exposição pública em New York.

71. Smash and Grab, de Brian Larsen (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

72. Sohrab and Rustum, de Lee Whitmore (Austrália). Qualificado em Sydney.

73. Songs to Sing in the Dark, de Riannon Delanoy (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

74. Substance, de Jamaal Bradley (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

75. Streets of Fury, de Aidan McAteer (Irlanda). Qualificado em Galway.

76. Tasks of the Day, de Petya Zlateva (Bulgária). Qualificado em In the Palace.

77. The Bird and the Whale, de Carol Freeman (Irlanda). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

78. The Flood Is Coming, de Gabriel Böhmer (Suíça/Reino Unido). Qualificado em Winterthur.

79. The Kite, de Martin Smatana (República Tcheca/Eslováquia/Polônia).

80. The Opposites Game, de Lisa LaBracio, Anna Samo (EUA). Qualificado em Raindance.

81. The Physics of Sorrow, de Theodore Ushev (Canadá). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

82. The Procession (Le cortège), de Pascal Blanchet, Rodolphe Saint-Gelais (Canadá). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

83. The Race, de Terry Moews (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

84. The Wheel Turns, de Sang Joon Kim (EUA/Japão/Coréia do Sul). Qualificado em Sitges

85. Two, de Emre Okten (EUA). Qualificado no Student Academy Awards.

86. Uncle Thomas: Accounting for the Days, de Regina Pessoa (Canadá/França/Portugal). Qualificado em Anima Mundi, Annecy.

87. Walking Meat, de Shinya Sugai (Japão). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

88. Under the Rib Cage, de Bruno Tondeur (França/Bélgica). Qualificado em Krakow.

89. Zenith, de  Jennifer Stratton (EUA). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

90. Zog, de Max Lang e Daniel Snaddon (Reino Unido). Qualificado através de exposição pública no condado de L.A.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Juliana Oliveira

Estudante de psicologia e fascinada pelo audiovisual. Acredita que o cinema seja uma arte de teor político que dá voz a quem não é ouvido. Gosta de conhecer novas culturas e acredita que o cinema seja a melhor forma para isso, expandindo assim a visão de mundo dentro se sua limitada realidade.