Coringa | Joaquin Phoenix revela como entrou no personagem

Em entrevista ao site Indiewire, Joaquin Phoenix falou como ele entrou no personagem protagonista em Coringa . O ator tornou-se uma grande aposta ao Oscar 2020, mesmo que o filme esteja enfrentando uma série de polêmicas, por causa, principalmente, de sua violência.

Vamos aos principais pontos da entrevista:

O que é o Coringa?

Phoenix começa falando que não entendeu o que era o Coringa na primeira vez que leu o roteiro. Mas isso foi o que fez com que ele tivesse vontade de enfrentar esse desafio.

“Eu não consegui encontrar respostas. Isso foi o que me fez sentir que tinha que fazer isso. Eu me senti oprimido e aterrorizado por isso. Normalmente, quando tenho medo de algo, me sinto como se tivesse que ir em direção a isso. Eu tinha tantos sentimentos mistos sobre o personagem. E eu gosto disso. Eu não acho que tenhamos o suficiente disso nos filmes, particularmente em um gênero de super-herói. Eu odeio a ideia de rotular algo, principalmente porque eu realmente não sei quais são os gêneros”, disse o ator três vezes indicado ao Oscar.

Emagrecendo

Phoenix perdeu 23 quilos para interpretar o vilão. O ator já tinha feito algo semelhante para o filme O Mestre, de Paul Thomas Anderson. Inclusive, ele disse que usou o mesmo nutricionista nas duas ocasiões.

“Eu não podia acreditar que finalmente consegui. [A perda de peso] prestava-se à dança e ao movimento. Você percebe que muitos dançarinos têm muito pouca gordura corporal. Isso me deixou hiper consciente do meu corpo. Eu acho que foi parte do motivo pelo qual senti que podia me mover da maneira que fiz”, contou o entrevistado.

Relação com o Batman

O ator contou que uma das coisas que mais o incomodava era a relação com todo o universo do Batman e Gotham City. Ele entende que é uma história de origem e que ela pode existir além dos quadrinhos do homem-morcego, mas deixa claro o quanto ele não gosta disso.

“(…), honestamente, houve momentos em que lutei para dizer o nome ‘Thomas Wayne’. “Como digo esse nome?” Era uma coisa contínua. Eu continuei tropeçando nas linhas.”, disse Phoenix.

Leia a nossa crítica de Coringa

Recentemente, o filme sobre o maior vilão de Gotham City ganhou o Leão de Ouro, o principal prêmio do Festival de Veneza, o que faz com que Coringa chegue com força para a corrida em busca de uma indicação ao Oscar 2020.

De acordo com a sinopse oficial, Coringa é uma história original e fictícia sobre o icônico vilão nunca antes vista no cinema. A versão de Phillips sobre Arthur Fleck, interpretado de maneira memorável por Joaquin Phoenix, mostra um homem lutando para se integrar à sociedade despedaçada de Gotham. Trabalhando como palhaço durante o dia, ele tenta a sorte como comediante de stand-up à noite… mas descobre que a piada é sempre ele mesmo. Preso em uma existência cíclica, oscilando entre a realidade e a loucura, Arthur toma uma decisão equivocada que causa uma reação em cadeia, com consequências cada vez mais graves e letais, nesta exploração ousada do personagem.

Além do protagonista, Joaquin Phoenix, três vezes indicado ao Oscar (O MestreJohnny & JuneGladiador), o elenco também contará com Robert De Niro (O Poderoso Chefão 2), Zazie Beetz (Deadpool 2), Frances Conroy (da série de TV American Horror Story), Brett Cullen (da série da Netflix Narcos), Bill Camp (Operação Red Sparrow), Shea Whigham (Kong: A Ilha da Caveira) e Marc Maron (da série de TV GLOW). Todd Phillips dirige o longa e escreve o roteiro com Scott Silver (O Lutador).

Coringa estreia em 3 de outubro de 2019.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.