Sony e Marvel fazem as pazes e o Homem-Aranha está de volta ao MCU

Acabou a birra! Sony e Marvel chegaram a um acordo e o Homem-Aranha está de volta ao MCU. Os dois estúdios produzirão o terceiro filme do herói, que chega aos cinemas em 16 de julho de 2021.

O novo acordo prevê que o personagem de Tom Holland também possa aparecer em novos filmes do MCU. A produção será de Kevin Feige, pelaMarvel, e de Amy Pascal, com a Pascal Pictures.

“Estou empolgado que a jornada do Homem-Aranha continuará no MCU. Eu e todos do Marvel Studios estamos empolgados em cotinuar trabalhando com ele”, diz Kevin Feige em comunicado oficial.

“O Homem-Aranha é um ícone poderoso e um herói cuja história atravessa todas as gerações e públicos ao redor do mundo. Ele também é o único herói com o superpoder de cruzar universos cinematográficos, então, enquanto a Sony continua desenvolvendo seu universo do Homem-Aranha, você nunca sabe o que o futuro reserva”, completou o executivo.

A fala de Kevin Feige também abre caminho para que o Homem-Aranha esteja em produções da Sony, como Venom Morbius. Segundo o Deadline, a Disney vai desembolsar 25% do custo da produção do terceiro filme do aracnídeo, lucrando iguais 25%.

Os dois estúdios tinham um contrato acerca do herói, que dizia que 5% do valor arrecadado desde a estreia do filme e o valor do merchandising eram destinados ao Marvel Studios. O restante ficava com a Sony, detentora dos direitos do personagem e de seu universo. Além disso, o estúdio ficaria responsável pela distribuição dos filmes solo. Esse acordo foi realizado em 2015. De acordo com o site Deadline, a Disney propôs que os estúdios começassem a dividir o valor da bilheteria 50/50. Entenda o caso aqui.

Homem-Aranha: Longe de Casa já está disponível nas plataformas digitais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...