Bilheteria no Brasil | ‘IT: Capítulo Dois’ se mantém na liderança e ‘Vai que Cola: O Começo’ estreia em segundo lugar

IT: Capítulo Dois manteve-se na liderança nas bilheterias brasileiras nesse fim de semana (12 a 15 de setembro). O filme, baseado no romance escrito por Stephen King, faturou R$ 9.1 milhões aqui no Brasil em sua segunda semana em cartaz a partir de 336 salas de exibição e US$ 322 milhões ao redor do mundo. Mais de 2.1 milhão de pessoas já conferiram a abertura do terror.

Neste novo filme, o Clube dos Otários já é um grupo adulto. Eles irão se reunir anos depois da última vez que Pennywise (Bill Skarsgård) apareceu pela primeira vez para eles. O palhaço aterrorizante retornará à Derry, Maine, da mesma forma que eles.

No elenco do filme estão  James McAvoy como Bill, Jessica Chastain como Beverly, Bill Hader como Richie, Isaiah Mustafa como Mike, Jay Ryan como Ben, e James Ransone como Eddie e Andy Bean como Stanley. Bill Skarsgård retorna no papel do assustador palhaço Pennywise. O diretor Andy Muschietti e o roteirista Gary Dauberman retornam para a sequência.

Leia a nossa crítica de IT: Capítulo Dois


O segundo colocado foi o estreante Vai Que Cola 2: O Começo. Foram R$ 3.7 milhões arrecadados no fim de semana de abertura da comédia brasileira. Mais de 223 mil pessoas assistiram ao filme em 291 salas de cinema ao redor do Brasil.

Antes de Dona Jô ter uma pensão. Antes de Jéssica conhecer Máicol. Assim que Ferdinando desembarcou ao Rio e quando Terezinha ainda vivia com Tiziu… era uma vez Vai Que Cola 2 – O Começo. O novo longa da franquia que nasceu como série no Multishow e ganhou as telas dos cinemas reúne toda a turma do Méier para contar como tudo começou. Uma feijoada no Morro do Cerol põe juntos pela primeira vez os personagens que conquistaram o público na TV e no cinema.


Nada a Perder 2, cinebiografia sobre o Edir Macedo – bispo e proprietário da terceira maior emissora do país -, continua caindo (assim como há anos cai a integridade da figura retratada no longa). Dessa vez, parou na terceira colocação. Foram R$ 2.1 milhões arrecadados em sua quinta semana em cartaz através de 1552 salas de exibição. No total, o longa já faturou R$ 55 milhões.


Em quarto lugar, ficou outro estreante, Divaldo, O Mensageiro da Paz, de Clovis Mello. Em seu primeiro fim de semana, o filme faturou R$ 1.8 milhão, através de 327 salas de exibição. Mais de 103 mil pessoas se reuniram para conferir a estreia.

O filme conta a história do líder humanitário brasileiro Divaldo Franco (Bruno Garcia), desde sua infância no interior da Bahia até sua consagração como filantropo, fundador da Mansão do Caminho e orador em prol da divulgação da doutrina espírita no Brasil e no mundo.


Yesterday, de Danny Boyle, ficou em quinto lugar. O filme faturou R$ 1.5 milhão em seu terceiro fim de semana aqui no Brasil através de 259 salas de cinema. Ao redor do mundo, tem US$ 138.8 milhões.

Yesterday conta a história de um cantor e compositor (interpretado por Himesh Patel) que sofre um acidente e acorda numa realidade na qual só ele se lembra dos Beatles. A partir disso, ele passa a fazer bastante sucesso com as músicas da banda.

Leia a nossa crítica


Em sexto lugar, ficou o longa nacional Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. O filme, vencedor do prêmio do júri no Festival de Cannes, arrecadou R$ 1.1 milhão em seu terceiro fim de semana através de 384 salas de exibição. Mais de 379 mil pessoas já foram conferir o longa distribuído pela Vitrine Filmes.

O longa se passa num futuro recente, Bacurau, um povoado do sertão de Pernambuco, some misteriosamente do mapa. Quando uma série de assassinatos inexplicáveis começam a acontecer, os moradores da cidade tentam reagir. Mas como se defender de um inimigo desconhecido e implacável?

O elenco tem nomes como Sonia BragaUdo KierBárbara ColenThomás AquinoSilvero PereiraWilson RabeloCarlos FranciscoKarine Teles Antonio Saboia.

Leia a nossa crítica


O sétimo colocado foi O Rei Leão. No seu nono fim de semana em cartaz, a versão live action da animação de 1994 faturou R$ 1 milhão, sendo exibido em 143 salas de cinema. Mais de 16 milhões de pessoas compraram ingressos para conferir o retorno de uma das maiores histórias da Disney. No Brasil, o longa arrecadou R$ 264.2 milhões. Ao redor do mundo, o filme dirigido por Jon Favreau já faturou US$ 1.617 bilhão. Recentemente, o longa tornou-se o maior live action da Disney e a sétima maior bilheteria do cinema.

O longa retrata uma jornada pela savana africana, onde nasce o futuro rei da Pedra do Reino, Simba. O pequeno leão que idolatra seu pai, o rei Mufasa, é fiel ao seu destino de assumir o reinado. Mas nem todos no reino pensam da mesma maneira. Scar, irmão de Mufasa e ex-herdeiro do trono, tem seus próprios planos. A batalha pela Pedra do Reino é repleta de traição, eventos trágicos e drama, o que acaba resultando no exílio de Simba. Com a ajuda de dois novos e inusitados amigos, Simba terá que crescer e voltar para recuperar o que é seu por direito.

O estrelado elenco do longa tem Donald Glover como Simba, Beyoncé Knowles-Carter como Nala, James Earl Jones como Mufasa, Chiwetel Ejiofor como Scar, Seth Rogen como Pumba e Billy Eichner como Timão.

Leia a nossa crítica


O oitavo colocado foi Corgi – Top Dog. A animação faturou R$ 719 mil em sua segunda semana em cartaz, através de 110 salas de cinema. Pouco mais de 168 mil pessoas já assistiram ao filme.

A Rainha Elizabeth é apaixonada por cães da raça Corgi e, dentre os que vivem no Palácio, Rex (João Guilherme) é o seu queridinho. Acostumado com as mordomias da realeza, tudo muda quando ele cai na armadilha de um outro cachorro que quer tomar o seu lugar. Preso no canil da cidade, ele agora vai precisar de toda a ajuda que conseguir para voltar ao Palácio e retomar seu lugar como o favorito da Rainha.

Em nono lugar, Era Uma Vez em… Hollywood, de Quentin Tarantino. O longa da Sony Pictures arrecadou R$ 638 mil em seu quinto fim de semana em cartaz. Mais de 1 milhão de pessoas conferiram o longa através de 178 salas de cinema. Ao redor do mundo, já foram US$ 329.3 milhões faturados.

Em seu nono longa, Tarantino irá utilizar como pano de fundo a Hollywood do final dos anos 60, trazendo toda a ambientação daquela época para as telas, com seu peculiar estilo. Ele abordará a história do assassinato da atriz Sharon Tate, que na época era esposa de Roman Polanski, por uma seita, liderada por Charles Manson. O elenco reúne grandes nomes do cinema. Brad Pitt, interpreta Cliff Booth, Leonardo DiCaprio faz Rick Dalton, Margot Robbie, ficou com o papel de Sharon Tate e Al Pacino será o agente Marvin Schwarz.

Leia a nossa crítica


Fechando o Top 10, o estreante Abigail e a Cidade Proibida, de Aleksandr Boguslavskiy. Os valores arrecadados pelo longa russo não foram divulgados.

Abigail é uma garota de oito anos que vive em uma pequena cidade que foi isolada por causa da epidemia de uma misteriosa doença mortal. Seu pai, um famoso engenheiro e inventor, foi levado junto com outras pessoas infectadas para fora da cidade. Dez anos se passaram. Abby agora tem 18 anos e a cidade continua a mesma: fronteiras fechadas, pessoas infectadas e autoridades fiscalizando a população o tempo todo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.