Coringa | Filme estará “com certeza” na corrida do Oscar, diz diretor do Festival de Veneza

Coringa estreou há dois dias no Festival de Veneza e agradou. O ator Joaquin Phoenix e o diretor Todd Phillips foram aplaudidos de pé por oito minutos  e as críticas foram, em geral, foram bastante favoráveis.

O diretor artístico de Veneza, Alberto Barbera, já havia dito, no dia da Premiere, que o longa estaria na corrida Oscar. Agora, afirmou em nova entrevista ao Deadline, ele voltou a dizer que o longa “com certeza” está na corrida do Oscar e elogiou a Warner Bros. pela seleção:

Eu acho que eles fizeram uma boa escolha. A escolha certa. O filme merece a recepção que está recebendo. Vai além dos limites do gênero. O desempenho de Joaquin Phoenix é excelente e Todd Phillips fez um ótimo trabalho.”

Um dos pontos negativos levantados em algumas críticas ao filme, o entanto, é como ele aborda algumas questões como a saúde mental e a humanização do personagem. Porém, para Barbera, isso não é problema:

“A maneira como lida com esses elementos é inteligente. Não é uma visão simplista. Fatores sociais e outros fatores externos combinam-se com o estado de espírito do personagem para torná-lo um quadro complexo. Essa é a força do filme. É um filme forte, inesperado e original. Mesmo que haja referências a ‘O rei da comédia’ e ‘Taxi Driver’ , é um filme muito original”.

Quando questionado se Coringa representa uma visão sombria dos Estados Unidos nos dias de hoje, Barbera foi mais amplo em sua definição: “Coringa é um filme sombrio. É uma visão sombria do mundo contemporâneo”, afirmou. 

Clique aqui e confira o que os críticos acharam do filme.

Leia também:

Coringa foi aplaudido por oito minutos no Festival de Veneza

Todd Phillips levou quatro meses para convencer Joaquin Phoenix a aceitar o papel em Coringa

Joaquin Phoenix revela inspiração para risada do Coringa

Saiba porque Joaquin Phoenix pensou em não aceitar o papel como Coringa

Diretor Todd Phillips admitiu que pensou em uma sequência para o filme 

Bilheteria de Coringa deve ter uma abertura melhor do que a de Aquaman nos EUA

Aproveite e confira o novo trailer de Coringa:

De acordo com a sinopse oficial, Coringa é uma história original e fictícia sobre o icônico vilão nunca antes vista no cinema. A versão de Phillips sobre Arthur Fleck, interpretado de maneira memorável por Joaquin Phoenix, mostra um homem lutando para se integrar à sociedade despedaçada de Gotham. Trabalhando como palhaço durante o dia, ele tenta a sorte como comediante de stand-up à noite… mas descobre que a piada é sempre ele mesmo. Preso em uma existência cíclica, oscilando entre a realidade e a loucura, Arthur toma uma decisão equivocada que causa uma reação em cadeia, com consequências cada vez mais graves e letais, nesta exploração ousada do personagem.

Além do protagonista, Joaquin Phoenix, três vezes indicado ao Oscar (O Mestre, Johnny & June, Gladiador), o elenco também contará com Robert De Niro (O Poderoso Chefão 2), Zazie Beetz (Deadpool 2), Frances Conroy (da série de TV American Horror Story), Brett Cullen (da série da Netflix Narcos), Bill Camp (Operação Red Sparrow), Shea Whigham (Kong: A Ilha da Caveira) e Marc Maron (da série de TV GLOW). Todd Phillips dirige o longa e escreve o roteiro com Scott Silver (O Lutador).

Coringa estreia em 3 de outubro de 2019. Antes disso, o longa será exibido no Festival de Veneza.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...