Venom | Disney não permitiu participação já filmada de Tom Holland no filme

O site Collider confirmou que Tom Holland filmou uma participação em Venom, longa estrelado por Tom Hardy em 2018. Entretanto, essa cena foi vetada pela Disney e o Marvel Studios.

A informação, confirmada por duas fontes diferentes, é de que Peter Parker apareceria no longa, sem o uniforme do Homem-Aranha. A razão para a negativa da Disney era não criar uma ligação entre as duas franquias. Ou seja, o Venom de Hardy não poderia ser associado ao MCU, embora o Homem-Aranha, da Sony, possa pertencer a esse universo.

Com isso, fica claro que a Sony pretende expandir seu rico universo de personagens – agora sem amarras –, que inclui um vasto time de vilões do Homem-Aranha. O racha com a Disney permite não apenas que Tom Holland , enfim, apareça em Venom 2, mas também que Eddie Brock apareça em Homem-Aranha 3, assim como outros personagens como Morbius, interpretado por Jared Leto, ou o Carnificina de Woody Harrelson, que será o antagonista de Venom no próximo filme do simbionte.

Em entrevista recente, Kevin Feige, Presidente do Marvel Studios, disse que o acordo com a Sony não foi feito para durar para sempre. Saiba mais aqui.

Os dois estúdios tinham um contrato acerca do herói, que dizia que 5% do valor arrecadado desde a estreia do filme e o valor do merchandising eram destinados ao Marvel Studios. O restante ficava com a Sony, detentora dos direitos do personagem e de seu universo. Além disso, o estúdio ficaria responsável pela distribuição dos filmes solo. Esse acordo foi realizado em 2015. De acordo com o site Deadline, a Disney propôs que os estúdios começassem a dividir o valor da bilheteria 50/50. Entenda o caso aqui.

Homem-Aranha: Longe de Casa segue em cartaz nos cinemas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.