Filha de Stan Lee afirma que Marvel e Disney não tem respeito pelo legado de seu pai

Em meio à crise entre Sony Pictures e Marvel Studios envolvendo os direitos do Homem-Aranha nos cinemas, Joan C “JC” Lee, filha única do falecido Stan Lee, afirmou ao TMZ que Marvel e Disney não têm “respeito verdadeiro por Stan Lee e seu legado”. (via polygon).

A Marvel e a Disney, que buscam ter o controle total das criações de meu pai, devem ser verificadas e equilibradas por outras pessoas que, embora ainda busquem lucrar, tenham respeito genuíno por Stan Lee e seu legado“, disse Joan. “Seja a Sony ou outro estúdio, a evolução contínua dos personagens de Stan e seu legado merecem vários pontos de vista”, continuou ela.

Joan também disse que ela não recebeu condolências da Disney após a morte de seu pai em 2018:

Quando meu pai morreu, ninguém da Marvel ou da Disney me procurou. Desde o primeiro dia, eles comoditizaram o trabalho de meu pai e nunca mostraram a ele ou ao seu legado qualquer respeito ou decência. […] No final, ninguém poderia ter tratado o meu pai pior do que os executivos da Marvel e da Disney. ”

É curioso observar que Stan Lee parecia ter uma boa relação com o Marvel Studios, o produtor Kevin Feige e a própria Disney. Em contrapartida, em 2018, alguns meses antes da morte de Lee, Joan – que é filha única – foi acusada de maltratar o pai e tentar controlar seus bens, propriedades e dinheiro.

O Homem-Aranha é uma co-criação de Stan Lee e do artista Steve Ditko. Ambos faleceram em 2018.

Stan Lee apareceu em 23 filmes do Universo Cinematográfico da Marvel, e em diversos longas da Marvel em outros estúdios, como a Fox e a própria Sony.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...