Coringa | Joaquin Phoenix revela por que teve dúvidas sobre interpretar o personagem

Presença não muito comum em filmes de grandes estúdios, quando confirmado como Coringa, Joaquin Phoenix surpreendeu e todos. E agradou pelo seu talento mais do que reconhecido. Mas, ele teve receio de aceitar o papel que dará vida a mais uma versão do icônico vilão e arqui-inimigo do Batman.

Em entrevista ao TotalFilm , o ator diz que demorou a aceitar a ideia de viver o personagem, e explicou por que ele estava hesitante:

Demorei um pouco [para aceitar]. Agora, quando olho para trás, não entendo por que… Havia muito medo, sim. Mas eu sempre digo que há medo motivador e medo debilitante. Há o medo em que você não pode dar um passo, e tem o tipo de coisa que é: ‘OK, o que faremos? Isso não é bom o suficiente.’ E você está cavando mais e mais. Eu amo esse tipo de medo. Ele nos guia, nos faz trabalhar mais duro ”.

Phoenix também deu outra razão para seu medo, relacionado à forma como filmes de super-heróis ou quadrinhos são geralmente contados:

Eu acho que muitas vezes, nesses filmes, temos esses arquétipos simplificadores e redutivos, e isso permite que o público fique distante do personagem, assim como faríamos na vida real, onde é fácil rotular alguém como mal e, portanto, diga: “Bem, eu não sou assim”.

Em entrevista recente à revista italiana Il Venerdi, o ator se disse extremamente comprometido em entregar uma interpretação única. Para isso, o ator fez uma pesquisa para desenvolver sua versão da risada do personagem. “Comecei com a risada. Assisti a vídeos de pessoas sofrendo de riso patológico, uma desordem neurológica que faz com que elas deem risada incontrolavelmente“.

De acordo com as primeiras projeções da bilheteria de Coringa, o filme deve ter uma abertura melhor do que a de Aquaman nos EUA. Segundo o Box Office Pro, o filme do icônico antagonista do Batman deve arrecadar entre US$ 60 e US$ 90 milhões, sendo provável um valor estima de US$ 77 milhões.

De acordo com a sinopse oficial, Coringa gira em torno do icônico arqui-inimigo através de uma história original e autônoma, nunca vista antes nas telonas. O conto de Arthur Fleck mostra um homem negligenciado pela sociedade. Não se trata apenas sobre um estudo sombrio do personagem, mas um amplo conto preventivo.

Além do protagonista, Joaquin Phoenix, o elenco também contará com Robert De Niro e Zazie Beetz. Todd Phillips dirige o longa.

Coringa estreia em 3 de outubro de 2019.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...