A Vida Invisível de Eurídice Gusmão | Filme vencedor em Cannes ganha teaser

Um dos lançamentos brasileiros mais aguardados de 2019 – já inscrito como um dos candidatos a representar o Brasil no Oscar de 2020 –, o premiado longa-metragem A Vida Invisível, de Karim Aïnouz, acaba de ganhar um teaser nacional (veja abaixo). O filme, que será exibido pela primeira vez no país na abertura do Cine Ceará 2019, no dia 30 de agosto, vem de duas conquistas inéditas, com os prêmios de Melhor Filme da mostra Un Certain Regard, em Cannes, e o CineCoPro Award no Filmfest München (o segundo festival de cinema mais prestigiado da Alemanha depois da Berlinale).

O sétimo longa-metragem da carreira do diretor cearense estreia nos cinemas no dia 31 de outubro, com distribuição conjunta da Vitrine Filmes Sony Pictures, e traz no elenco Carol Duarte, Julia Stockler, Gregorio Duvivier, Bárbara Santos, Flavia Gusmão e Fernanda Montenegro, como atriz convidada.

Além de Cannes e Munique, o filme esteve nas seleções oficiais dos festivais de Sydney, do Midnight Sun, na Finlândia, de Karlovy Vary, na República Tcheca, no Transatlantyk Festival, na Polônia, e no Festival de Cinema da Nova Zelândia.

Definido pelo cineasta como um melodrama tropical, a obra apresenta nos papeis principais duas jovens estreantes no cinema. Tanto Carol Duarte, reconhecida por seu trabalho na TV aberta, como Julia Stockler, experiente atriz de teatro, foram escolhidas após participarem de um concorrido teste com mais de 300 candidatas. O elenco traz ainda Fernanda Montenegro, como atriz convidada, Gregorio DuvivierBárbara SantosFlavio Bauraqui e MariaManoella.

SINOPSE

Rio de Janeiro, 1950. Eurídice, 18, e Guida, 20, são duas irmãs inseparáveis que moram com os pais em um lar conservador. Ambas têm um sonho: Eurídice o de se tornar uma pianista profissional e Guida de viver uma grande história de amor. Mas elas acabam sendo separadas pelo pai e forçadas a viver distantes uma da outra. Sozinhas, elas irão lutar para tomar as rédeas dos seus destinos, enquanto nunca desistem de se reencontrar.     

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...