Turma da Mônica: Laços | Filme já foi visto por mais de um milhão de espectadores

Mônica, Cebolinha, Cascão e Magali estão em festa! O live-action Turma da Mônica: Laços, dirigido por Daniel Rezende, chegou a um milhão de espectadores nesta quarta (10), após 14 dias em cartaz nos cinemas de todo país. O longa foi lançado em 712 salas e ainda continua em 660 salas.

Muito feliz que 1 milhão de brasileiros já se viram na tela e se emocionaram com a turminha mais querida do Brasil”, comemora o diretor Daniel Rezende

Mônica Sousa, diretora-executiva da Mauricio de Sousa Produções, coprodutora do longa, também comentou o feito: “Contamos com os espectadores que ainda não foram para fazer do filme um grande sucesso e ressaltar que com o sucesso do primeiro filme, faremos do segundo, um grande filme.”

Fora da tela grande, o filme foi homenageado com uma revista especial da Turma da Mônica (nº141) que já está nas bancas. Nesta edição os leitores acompanham o Louco pelo set de filmagem do longa-metragem Turma da Mônica: Laços e aprendem como se faz um filme. Com direito à participação do diretor Daniel Rezende e dos atores Giulia Benite, Kevin Vechiatto, Laura Rauseo, Gabriel Moreira e Rodrigo Santoro. A editora Panini, responsável pela publicação e uma das patrocinadoras do longa, também criou um álbum exclusivo de figurinhas, e incluiu anúncios em gibis da turminha.

Turma da Mônica: Laços é baseado na obra homônima lançada em 2013 pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi, que se tornou a graphic novel brasileira mais vendida do país. Na trama, a turminha clássica das histórias em quadrinhos embarca numa grande aventura em busca do cão Floquinho.

No elenco principal estão Giulia Benite como Mônica, Kevin Vechiatto como Cebolinha, Laura Rauseo como Magali e Gabriel Moreira como Cascão. Entre os adultos estão: Monica Iozzi como a Dona Luísa, Paulo Vilhena como seu Cebola, Ravel Cabral como Homem do Saco e Rodrigo Santoro, que fará uma participação especial.

O filme está em cartaz nos cinemas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...