Chris Evans diz que recusar papel como Capitão América seria “o maior erro da sua vida”

Chris Evans disse, durante a sua participação na ACE Comic Con, em Seattle, nos EUA, que pensou bem antes de assinar com a Marvel para interpretar o Capitão América, pois tinha medo de ficar marcado por um papel apenas. Porém, hoje ele não se arrepende da decisão.

O ator contou: “Ao longo dos últimos dez anos não pude deixar de aceitar que quando ando pelas ruas o que ouço é ‘Capitão!’. Mas a verdade é que a Marvel fez uma coletânea de filmes que se eu não estivesse neles, se tivesse dito não, teria sido o maior erro da minha vida.”

Evans continuou elogiando a franquia do MCU:

“Considero esses filmes o que Star Wars foi para mim. São incrivelmente especiais. Que coleção incrível, essa tapeçaria de filmes que eles conectaram. Isso nunca mais vai acontecer. É por isso que [o presidente do Marvel Studios] Kevin Feige e esse grupo de atores realmente especiais com que me sinto abençoado de ter trabalhado, assim como os diretores e roteiristas, são tão especiais para mim. Se isso vem com essa conexão inseparável do papel, estou orgulhoso. Se me dissessem que nunca mais faria outro filme eu diria que estou bem, porque para mim isso é realmente especial.”

Vingadores: Ultimato marcou a última vez que o ator Chris Evans vestiu o manto do Capitão América. Foram 11 filmes interpretando o personagem.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.