Euphoria | Drama adolescente da HBO deve chocar a audiência com cenas de sexo explícito e drogas

A série Euphoria, com a atriz e cantora Zendaya no papel principal, estreia neste domingo 16 de junho, às 23h, no canal HBO. A trama, de oito episódios, acompanha um grupo de alunos do ensino médio e suas questões cotidianas envolvendo drogas, sexo, identidade, traumas, redes sociais, amor e amizade. No meio desse turbilhão de acontecimentos, muitas controvérsias prometem fazer parte da repercussão da série.

A forma com as questões polêmicas serão retratadas em tela prometem causar burburinho entre os assinantes do canal. Segundo uma reportagem do The Hollywood Reporter, a série irá retratar a adolescência dos dias de hoje – ou pelo menos na visão de seu criador – de uma forma explícita e nunca antes vista na televisão norte-americana.

As cenas em questão incluem um estupro envolvendo uma garota trans de 17 anos. Embora haja o uso de uma prótese, a forma gráfica como a cena é representada deve chocar a maior parte do público, assim com outras envolvendo o uso de drogas e nudez. Haverá uma sequência que mostrará uma overdose sofrida pela personagem Rue Bennett, vivida por Zendaya, e uma cena de sexo entre adolescentes envolvendo asfixia. Em apenas um episódio, o piloto, cerca de 30 pênis aparecem na tela, de acordo com a publicação.

O elenco é majoritariamente jovem, com atores na faixa etária dos 17 aos 24 anos. “Haverá pais que ficarão totalmente apavorados“, diz Sam Levinson, 34 anos, criador da série, que escreveu todos os oito episódios baseados em suas lutas anteriores com o vício. Muitas dessas cenas, inclusive remetem à experiências pessoais. “É uma boa ideia de como é difícil crescer neste período“, defende a jovem atriz Maude Apatow, de 21 anos, que espera que seus pais, Judd Apatow e Leslie Mann, assistam à série produzida por Drake.

A série também marca uma espécia de transição para Zendaya, que começou sua carreira como estrela infantil no Disney Channel. “Eu realmente só fiz filmes familiares, então todo mundo me vê de uma certa maneira e não assume que eu possa fazer [um papel como esse] – ou o que eu quero fazer”, diz a atriz que estará nos cinemas em julho no também “familiar” Homem-Aranha: Longe de Casa.

O material explícito, no entanto, chegou a incomodar um membro do elenco principal . Enquanto filmava o piloto, o ator e rapper Astro (A Gente Se Vê Ontem), 22, pediu para sair. Apesar do segredo em torno dos detalhes, fontes do THR afirmam que o ator se sentiu desconfortável em filmar cenas que não estavam no roteiro original do piloto e sugeriam que seu personagem experimentaria a homossexualidade no futuro. Algee Smith (O Ódio que Você Semeia) assumiu o seu lugar, regravando inclusive uma intensa cena de sexo com a atriz Sydney Sweeney, de 21 anos.

Por causa de algumas controvérsias do piloto, a emissora demonstrou preocupação sobre uma cena no segundo episódio, que mostra dezenas de garotos do ensino médio nus, no que Levinson pretendia utilizar como uma homenagem à famosa cena do vestiário Carrie, A Estranha. A quantidade de nudez na cena, que mostrava cerca de 80 atores completamente nus, teve que ser reduzida.

Porém, o presidente de programação da HBO, Casey Bloys, defende a série e sua temática: “Nós não estamos tentando lançar uma Gossip Girl. Ele afirma que não houve interferência no processo criativo em nenhum programa da HBO: “Ninguém veio até nós e disse: ‘Ei, diminua isso’. A única coisa que eles fizeram foi nos dar mais dinheiro e disseram: ‘Continue fazendo o que você está fazendo'”.

A produção é baseada na série homônima israelense da HOT, criada por Ron Leshem e Daphana Levin. O elenco conta também com Maude Apatow, Angus Cloud, Eric Dane, Alexa Demie, Jacob Elordi, Barbie Ferreira, Nika King, Storm Reid, Hunter Schafer, Algee Smith e Sydney Sweeney.

Realizada em parceria com o estúdio A24, Euphoria tem criação e roteiro de Sam Levinson, que é o produtor executivo junto com o músico Drake.

Assista ao trailer:

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...