Série de terror de Steven Spielberg na plataforma Quibi só poderá ser vista à noite em smartphones

Se você gosta de conteúdos curtos, a notícia é boa. A plataforma Quibi será lançada em 6 de abril e Steven Spielberg irá desenvolver uma série para o novo serviço de streaming. 

A nova plataforma foi apresentada oficialmente durante painel no SXSW, no início deste ano.  Ela trará conteúdos de entretenimento em um formato curto, com alta qualidade, voltado para aparelhos celulares, no padrão hollywoodiano.

Segundo o IndieWire, Spielberg já escreveu algo em torno de seis episódios da nova série de terror, intitulada After Dark, de acordo com o co-fundador do Quibi, Jeffrey Katzenberg

After Dark só estará disponível aos seus assinantes à noite. Spielberg quer que o programa seja distribuído apenas depois da meia-noite, sendo interrompida assim que o dia amanhecer. A ideia é que a série, que terá cerca de 10 a 12 episódios de 7 a 10 minutos de duração, provoque a melhor imersão possível e deixe o assinante no melhor clima possível para um conto assustador.

Inicialmente, o serviço de streaming será lançado com oito produções. Depois disso, 26 projetos adicionais manterão o conteúdo do Quibi atualizado constantemente, com uma nova série estreando na plataforma semanalmente, no primeiro ano. Além de Spielberg, produtores e atores como Antoine Fuqua, Guillermo del Toro, Steven Soderbergh, Laurence Fishburne e Stephan James estão desenvolvendo conteúdos para a nova plataforma.

 O serviço custará custará US$ 4,99 por mês e exibirá um anúncio antes de cada segmento de vídeo, enquanto o serviço premium, sem propagandas, terá o custo de US$ 7,99 por mês. Antes, porém, haverá um período de teste gratuito de duas semanas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...