Keya Morgan, ex-empresário de Stan Lee é preso por abuso de idoso

Keya Morgan, ex-empresário de Stan Lee, foi preso por abuso de idoso no último sábado (25/05), no estado do Arizona. Segundo a polícia, ele será enviado à cidade de Los Angeles, na Califórnia, para ser acusado e julgado.

Stan Lee, que faleceu em novembro do ano passado aos 95 anos, chegou a assinar um documento acusando três homens de tentativa de controle de suas propriedades e fortuna. Entre eles, estava Morgan.

No ano passado, Tom Lallas, ex-advogado do quadrinista, pediu uma ordem de restrição contra Morgan, acusando-o de exploração. De acordo com o site G1, Tom registrou que Lee apresentava sinais de perda de memória e perturbação de juízo.

Morgan foi acusado de roubar 262 mil dólares de autógrafos assinados por Stan Lee, uma das grandes mentes por trás da Marvel. Isso equivale a R$ 1.05 milhão de reais.

O ex-empresário negou todas as acusações ao site TMZ e disse que “cuidou muito bem de Lee nos últimos anos.”

Stan começou na Marvel Comics com Jack Kirby em 1961, com a HQ do Quarteto Fantástico. Ele também criou diversos heróis icônicos como o Homem-Aranha, Pantera Negra, O Incrível Hulk, X-Men, Homem de Ferro e Os Vingadores. No cinema, fez aparições em todos os filmes da Marvel.

Veja aqui um pouco mais sobre a vida dele.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.