Festival de Cannes 2019 | Palma de Ouro está entre Sciamma e Almodóvar, apontam previsões

A premiação do Festival de Cannes acontece hoje, dia 25 de maio. O júri, presidido por González Iñárritu decide em deliberação os filmes que se destacaram este ano, cada qual em sua especifidade.

As previsões são:

Palma de Ouro: O maior prêmio do festival tem dois favoritos Portrait of a Lady on Fire e Dor e Glória. Por um lado, o filme de Céline Sciamma foi muito elogiado, e ela seria apenas a segunda mulher a vencer na categoria. Entretanto, o direto espanhol Pedro Almodóvar, apesar da longa carreira e das suas cinco indicações à Palma, nunca levou. Essa seria, portanto, uma chance do Festival de Cannes se retratar” com o diretor. Contudo, o filme de Almodóvar é favorito na categoria de Melhor Ator, o que pode ser um empecilho para a Palma.

Grand Prix (segundo lugar): Parasite, de Bong Joon-ho, vingando o outro filme da Coreia do Sul exibido no festival ano passado, Em Chamas, de Chang-Dong Lee, que mesmo sendo dentre os elogiados, não levou nenhum prêmio do júri pra casa. Ou Era Uma Vez em Hollywood, de Quentin Tarantino, visto que o diretor venceu a Palma 25 anos atrás com Pulp Fiction, e seria uma forma de celebrar ambos os filmes.

Prix du Jury (terceiro lugar): Atlantique, de Mati Diop 

Prix d’interprétation féminine (Melhor Atriz): Adèle Haenel (Portrait of a Lady on Fire) ou Virginie Efira (Sybil);

Prix d’interprétation masculine (Melhor Ator): Antonio Banderas (Dor e Glória) ou Pierfrancesco Favino (Il Traditore);

Prix de la mise en scène (Melhor Diretor): Quentin Tarantino (Era Uma Vez em Hollywood) ou Terrence Malick (A Hidden Life);

Prix du scénario (Melhor Roteiro): Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles (Bacurau) ou Corneliu Porumboiu (The Whistlers)

A premiação do Festival de Cannes acontece hoje (25).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Juliana Oliveira

Estudante de psicologia e fascinada pelo audiovisual. Acredita que o cinema seja uma arte de teor político que dá voz a quem não é ouvido. Gosta de conhecer novas culturas e acredita que o cinema seja a melhor forma para isso, expandindo assim a visão de mundo dentro se sua limitada realidade.