Cinema | Filmes em cartaz: estreias da semana – 09 de maio

Confira abaixo as estreias da semana e os filmes que entram em cartaz em 09 de maio, nos cinemas brasileiros:

AMAZÔNIA – O DESPERTAR DA FLORESTANIA

A partir do resgate de personagens históricos e depoimentos de representantes dos mais diversos segmentos, o documentário discute como a floresta amazônica e toda a questão ambiental têm sido tratados no Brasil desde o início do século XX. Essa confluência nos conduz ao conceito da florestania, o código genético de nossa identidade social.

Direção: Christiane Torloni, Miguel Przewodowski. Livre.


A MENINA E O LEÃO

Mia, de dez anos de idade, tem sua vida virada de cabeça para baixo quando sua família decide deixar Londres para administrar uma fazenda de leões na África. Quando nasce um lindo leão branco, Charlie, Mia encontra a felicidade mais uma vez e desenvolve um vínculo especial com o filhote.

Direção: Gilles de Maistre. 12 anos.


A QUARTA PAREDE

Teo é um jovem e talentoso ator, membro de uma companhia de teatro que está prestes a encenar a peça: “Entre Quatro Paredes”, de Jean Paul Sartre. No processo de escolha do elenco, o diretor utiliza de critérios banais para selecionar seus protagonistas – popularidade nas redes sociais – e o rapaz acaba ficando de fora da montagem. Sentindo-se injustiçado, Teo decide fazer sua própria performance artística, a fim de provar que o inferno são os outros, máxima da obra de Sartre.

Direção: Hudson Senna. 16 anos.


A PARTE DO MUNDO QUE ME PERTENCE

é um documentário sobre sonhos e desejos de pessoas comuns. A vida cotidiana de diferentes personagens anônimos, que constroem suas histórias longe dos tradicionais cartões-postais de uma cidade. Um filme sobre os combustíveis que nos movem diariamente: felicidade, reconhecimento, estabilidade financeira, casamento, distração, saúde, diversão, alguns quilos a menos, gozo, tranquilidade, superação, sucesso ou – até mesmo – uma simples e humildade pipa.

Direção: Marcos Pimentel. 10 anos.


A VIDA DE DIANE

Diane preenche seus dias ajudando os outros, cuidando de amigos e familiares, e tentando desesperadamente se relacionar com seu filho, que é viciado em drogas. Neste processo, Diane chega a um novo entendimento de si mesma e de seu passado e à medida que esses pedaços de sua existência começam a desaparecer, ela se vê confrontando suas próprias memórias.

Direção: Kent Jones. 


CEMITÉRIO MALDITO

O Dr. Louis Creed,, após se mudar de Boston para a zona rural do Maine com sua esposa Rachel, e seus os da sua nova propriedade. Quando uma tragédia ocorre, Louis recorre ao seu vizinho, Jud Crandall, e acaba iniciando uma cadeia de horrores que libera um mal insondável com terríveis consequências.

Direção: Kevin Kölsch, Dennis Widmyer. 16 anos.


DETETIVE PIKACHU

A história começa quando o detective particular Harry Goodman desaparece misteriosamente, levando seu filho Tim, de 21 anos, a tentar descobrir o que aconteceu. Quem ajuda na investigação é o antigo parceiro Pokémon de Harry, o Detetive Pikachu: um adorável superdetetive divertido e brincalhão que é um enigma até para si mesmo. Após descobrirem que são capazes de se comunicar um com o outro, Tim e Pikachu unem forças em uma aventura para desvendar esse mistério.

Direção: Rob Letterman. Livre.


LONGA JORNADA NOITE ADENTRO

​Este drama com um quê de filme noir conta a história de Luo Hongwu, um homem que retorna a Kaili, sua cidade natal na China, de onde havia fugido há vários anos. Começa, então, sua busca pela mulher amada e nunca esquecida. Através de uma narrativa muito sensorial, ele relembra o verão que passou com ela há vinte anos. Ela disse que se chamava Wan Quiwen. Exibido no Festival de Toronto e na Mostra Un Certain Regard do Festival de Cannes, em 2018. ​

Direção: Bi Gan. 14 anos.


MORMAÇO

​Rio de Janeiro, 2016. O verão mais quente da história. A cidade está se preparando para os Jogos Olímpicos. Ana, defensora pública de 32 anos, trabalha por uma comunidade ameaçada de remoção pelas obras do Parque Olímpico. Ao mesmo tempo, misteriosas manchas aparecem em sua pele. Coisas estranhas começam a acontecer na cidade e no corpo de Ana. A temperatura sobe, criando uma atmosfera úmida e sufocante. O mormaço se acumula, abrindo caminho para uma tempestade.​

Direção: Marina Meliande. 14 anos.


VARDA POR AGNÈS

De mãe da Nouvelle Vague a ícone feminista, a diretora Agnès Varda expõe seus processos de criação e revela sua experiência com o fazer cinematográfico. A cineasta dá um enfoque especial no método de storytelling que ela denomina de “cine-writing”, uma espécie de fórmula utilizada por ela na grande maioria de seus documentários e ficções, revisando a sua carreira de maneira única e emocionante, neste filme que encerra a sua carreira de 64 anos.

Direção: Agnès Varda. 14 anos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Natalí Alencar

Jornalista com experiência em redação para Revistas Especializadas e produção de conteúdo para websites, redes sociais e roteiros para vídeos. Tudo com foco em cinema. Apaixonada pela sétima arte!