CEO da AMC diz que a franquia ‘The Walking Dead’ está apenas começando

Em uma teleconferência de resultados nesta semana, o CEO da AMC, Josh Sapan, afirmou que a franquia The Walking Dead ainda está início de sua vida, apesar de ter se passado quase uma década desde o seu lançamento da série original, em 2010.

Nove anos depois, acreditamos que estamos apenas começando a aproveitar todo o seu potencial econômico e estamos ampliando a franquia como qualquer empresa de mídia faria”, disse Sapan.

A AMC pretende desenvolver uma série de spin-offs e filmes, que devem ser lançados a partir de 2020. A nova série anunciada em abril, dirigida por Matt Negrete, é composta por duas jovens mulheres que cresceram já no mundo de The Walking Dead. A emissora espera também que os filmes sobre Rick Grimes tragam novas gerações de fãs para a franquia.

Com o foco na próxima geração de sobreviventes, liderada por duas jovens protagonistas femininas, achamos que esta terceira série é uma porta perfeita para avançar a narrativa deste universo de formas que são multi-geracionais, novas e inesperadas“, acrescentou Sapan.

A nova série já tem o roteiro do piloto escrito. Espera-se que estreie já no ano que vem. Atualmente, Fear The Walking Dead, o primeiro spin-off deste universo, já se encontra em sua quinta temporada, que estreia em junho na AMC. A produção já promoveu, inclusive, a entrada de dois personagens da série original em seu elenco, Morgan e Dwight.

Que o mundo de The Walking Dead vai se expandir ainda mais, é um fato. Se a estratégia será a melhor possível, só o tempo dirá. A série tem enfrentado quedas constantes nos índices de audiência, embora ainda mantenha uma popularidade imensa.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...