Após perder patrocínio da caixa, Cine Belas Artes anuncia novo patrocinador

Devido as medidas de revisão dos incentivos estatais por parte do governo de Jair Bolsonaro, o famoso cinema de rua Belas Artes, situado na Avenida Consolação, estava sem patrocínio desde fevereiro deste ano.

André Sturm, cineasta e ex-secretário da cultura, conta que teve um prazo de dois meses para arranjar um novo patrocinador e, neste período, o Belas Artes contou até com manifestações “positivas” de pessoas que incentivaram os paulistas a ir ao cinema para demostrar carinho pelo espaço cultural.

No momento em que vivemos, como muita violência e dificuldades, é muito bom poder ver uma manifestação a favor de algo”, diz o diretor.

O Belas Artes anunciou que não vai fechar suas portas, pois agora será patrocinado pela cerveja Petra, com um contrato de cinco anos e que a nova parceria iniciara uma serie de novas mudanças, mas que não interferirão no que já funciona e agrada os fãs do espaço.

Sturm não quis revelar valores, afirma que novo patrocínio conta com um auxílio financeiro maior que o anterior e suficiente para o espaço. O diretor também se declarou um grande defensor da Lei Rouanet, mas afirmou que o novo patrocínio é feito exclusivamente com recursos do marketing da empresa.

Após estes momentos de indecisão, a resposta é definitiva, o Belas Artes continuará funcionando e a partir de segunda feira passará a ser chamado de Petra Belas Artes.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Matheus Amaral

Formado em Audiovisual, amante do cinema em todos os seus aspectos. Filósofo de bar. As vezes mistura as coisas...Desde pequeno assistia tudo o que via pela frente, cresceu lado a lado com o cinema e com as suas diversas vertentes.