Ghost Army | Ben Affleck vai dirigir e estrelar drama ambientado na Segunda Guerra Mundial

Se o papel como Bruce Wayne/Batman já é passado para Ben Affleck, os próximos projetos do ator são promissores, atrás e na frente das câmeras. Vencedor do Oscar de melhor filme por Argo,  ele vai dirigir Ghost Army, drama baseado num episódio real da Segunda Guerra Mundial.

O filme vai acompanhar um grupo de soldados norte-americanos convocados para combater os alemães através de truques, como falsos sinais de rádio e tanques de mentira, apenas para despistar o inimigo. No final, mesmo sem disparar tiros, eles foram responsáveis por salvar a vida dos combatentes.

Affleck também irá produzir e protagonizar o filme, ainda sem data de lançamento. O roteiro, inicialmente escrito por Henry Gayden (Shazam!), terá sua versão definitiva do criador e roteirista de True DetectiveNic Pizzolatto, com distribuição da Universal Pictures.

O último filme de Affleck como diretor foi A Lei da Noite, que não foi bem recebido pela crítica e público. Ele ainda vai dirigir a adaptação do livro “Testemunha de Acusação”, de Agatha Christie.

Como ator, Affleck atuará como protagonista em Torrance, drama sobre um ex-jogador de basquete que enfrenta o vício em drogas. Curiosamente, o vício foi um dos motivos pelo qual o ator perder seu papel como Batman, embora sua versão seja pautada em outras razões.

Ben Affleck também vai atuar ao lado de Anne Hathaway em The Last Thing He Wanted, suspense policial sobre uma jornalista que se envolve no tráfico de armas, além da sequência de O Contador. Seu último filme como ator é o Original Netflix, Operação Fronteira, disponível na plataforma.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...