O Rei Leão | Filme poderá competir como live-action no Oscar

Em entrevista ao site Indiewire durante a estreia mundial de Vingadores: Ultimato, o diretor Jon Favreau falou sobre seu novo filme, O Rei Leão. A produção não é um live-action, pois é feito inteiramente em CGI. Diferente de Mogli: O Menino Lobo (2016), que ainda tinha um pequeno componente live-action. Esse, inclusive, ganhou o Oscar de Melhores Efeitos Visuais.

Não foi utilizada a captura de movimento em O Rei Leão. Ou seja, é tecnicamente um filme de animação. No entanto, Favreau e a Disney abordaram o longa o tempo todo como um live-action.

Logo, a Disney, segundo a publicação, deve ignorar uma disputa no Oscar à categoria de Melhor Animação e focar na categoria Melhores Efeitos Visuais. Favreau disse ao site o quanto ele adora essa quebra de limites entre live-action e animação. “Eu amo o jeito como as coisas são confusas.”

Favreau chamou muita atenção recentemente quando disse que o novo filme não é bem um remake da animação de 1994. Porém, algumas cenas são tão icônicas que elas tiveram que aparecer nesse filme. “O original se mantém incrivelmente bom. Então o desafio aqui era contar uma história de uma maneira diferente, mas ainda cumprir as expectativas das pessoas, surpreendendo-as de alguma forma.”, disse o diretor ao site USA Today.

O elenco de vozes inclui Donald Glover como Simba, Beyoncé como Nala, Chiwetel Ejiofor como Scar e Alfre Woodard como a mãe de Simba, Sarabi. Billy Eichner  e Seth Rogen serão Timão e Pumba.

O Rei Leão chega aos cinemas em 18 de julho.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.