Game of Thrones | Kit Harington diz que revelação foi “a coisa mais perturbadora do mundo” para Jon Snow

Logo na estreia da 8ª temporada, Game of Thrones foi direto ao ponto na revelação da verdadeira filiação de Jon Snow. A notícia vai mexer com ele, a memória de seu falecido pai, Ned Stark, e seu romance com Daenerys Targaryen, que acredita ser a legítima rainha dos sete reinos.

O turbilhão de informações veio com a melhor cena do episódio. O amigo de Jon, Samwell Tarly, deu a notícia de que seus pais são Rhaegar Targaryen e Lyanna Stark nas criptas de Winterfell, tornando Jon “Aegon Targaryen” Snow o legítimo herdeiro do Trono de Ferro. Isso também significa aprender que a mulher por quem ele está apaixonado é sua tia.

EM entrevista à EW, Kit Harington afirmou que essa revelação é “a coisa mais perturbadora do mundo” para seu personagem. “Se Jon pudesse voltar no tempo e dizer: ‘O que quer que você esteja prestes a dizer, não me diga’, ele diria“, diz Harington. “Ele ficaria feliz em ignorância.”

Sobre a complexidade da cena, em que ele recebe por orientação de Bran Stark a notícia pelo melhor amigo, Harington pontua:

Você marca as cenas particularmente complicadas nas quais você vai se concentrar e essa foi uma delas. Ele descobre uma informação tão marcante. Não só ele descobre quem é sua mãe, mas também que ele tem parentesco com a pessoa que ele está apaixonado. É difícil para qualquer ator interpretar. Não é um filme de duas horas, mas oito temporadas para interpretar um personagem que está fazendo uma descoberta.”

Harington lembra ainda que Jon se mostra enfurecido com a notícia, mas tenta se controlar ao máximo:

A chave para isso é que o público já sabe. Então não é um choque para eles. Com Jon, é sobre o que ele diz: ‘Você está me dizendo que meu pai mentiu para mim? Meu pai, o homem mais honrado que conheço toda a minha vida, está dizendo isso? Para esse momento, Samwell não é nada para ele. Jon rejeitaria esse amigo e o espancaria se ele estivesse mentindo para ele sobre isso. Ele é bastante ameaçador: você está me dizendo isso, é melhor você se entender, e se você está tentando me interpretar – essa era a maneira de interpretar essa cena, eu acho. Espero que sim.”

Outro questão importante levantada é sobre a legitimidade do Trono de Ferro. Isso é algo que Daenerys persegue desde o início da serie, mas Jon não está nem um pouco interessado. Pelo menos até agora. Sobre isso, Harington diz:

Essa é a coisa que eu amo em Jon, sua pureza. Ele não quer ser rei. Ele não quer essa informação sobre ser rei. Ele não quer saber. Ele não tem ambição para o trono. Ele nunca quis isso. O fim do mundo pode vir em breve, mas pelo menos ele está apaixonado por alguém e sabe quem ele é, e então vem essa bomba.

John Bradley, que interpreta Sam, também falou sobre a importante cena e deu sua opinião sobre este momento crucial para Game of Thrones. Para ele, a reação não foi boa, mas se a notícia viesse de alguém que não fosse Sam, ele teria reagido de forma bem pior.

Jon sente que Sam está enlameando o nome de uma das pessoas mais nobres que ele já conheceu e que toda a sua vida é construída sobre uma mentira”, diz Bradley. “Com Jon, ele pode rever toda a sua vida de trás para frente e ver tudo completamente diferente e em termos sinistros, mesmo se [reter sua filiação] fosse feito pelas razões certas. Tudo o que ele fez parece ter sido comprometido.”

A primeiro episódio da oitava temporada de Game of Thrones está disponível no HBO GO. Os episódios são exibidos aos domingos pela HBO, às 22 horas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...